A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Ir em baixo

A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 9:51 am

Eu devo algumas explicações, essa fanfic não é minha é de uma garota chamada Teresa, mais conhecida como Tetis ela que criou toda a 1ª temporada e vocês vão ver meu nome ali.Não eu não editei para parecer fodão, essa fanfic foi criada em um forum e tinha fichas abertas para participamos e eu fui o primeiro a entrar, tem a segunda temporada mas não está terminada.Eu perguntei a ela como seria uma parte da historia e eu continuarei como eu quiser!


Perder faz parte


Aquela manhã tinha sido normal, Teresa tinha acordado de um sonho bem estranho, ela lutava contra um gigantesco dragão em chamas. Olhou pela janela de seu quarto em Manhattan, podia ouvir os carros lá fora, podia ser bem cedo, mas Nova York nunca era silenciosa, nem a noite. Sua mãe estava na cozinha fazendo o café da manhã, seu pai encontrava-se lendo o jornal e seu irmão estava jogando no play-station 3. Para ela, uma manhã normal como sempre, mas ela não esperava que aquele fosse o último dia com seus pais. Entrou na sala correndo como sempre (a cozinha e a sala não eram separadas por paredes) seu pai, ergueu os olhos para ver ela chegar, seus olhar parecia preocupado.

E ai mãe, pai, mano! Que aconteceu com vocês? - Disse a menina entusiasmada, era o primeiro dia das férias

Ah.. Não é nada filha, nada... - Respondeu a mãe dela com uma voz forçada

A mãe serviu o café da manhã evitando olhar para os filhos, ela já sabia o que aconteceria, sabia que não poderia fugir. Os pais pareciam preocupados, mas os filhos estavam bem animados para ir ao central-park. O pai novamente abaixou a cabeça no jornal.

Ei pai! Por que está tão interessado no jornal? - o irmão podia ser mais novo, mas era bem esperto

Aaannn - ele deu uma olhada rápida no jornal - é que teve um acidente hoje na estrada para califórnia, parecia que algum tipo de leão bem grande e uma águia bem grande, mas os cientistas prometeram achar uma resposta lógica para aquilo.

Os dois irmãos de entreolharam, Teresa tinha um cordão com um tipo de leão com asas e Augusto tinha um cordão com uma águia de fogo. Mas deixaram isso de lado. Depois do almoço, todos foram para o carro e se dirigiram para o central-park. Todos olharam entusiasmados para o local, era bem grande e tinha uma variedade de vida natural e animal. Mas algo estragou o dia, uma sombra, ou melhor, duas sombras apareceram, olhamos para o céu. Era um tipo de águia de 4 patas e uma águia de fogo.

São eles querida.. O grifo e a fênix.- disse meu pai com o rosto sério

Eu sei... Está na hora, invocação! - gritou minha mãe.

Meu pai também gritara invocação e outras coisas apareceram, primeiro um incrível cavalo alado, um pégaso, ao lado de meu pai e um unicórnio ao lado de minha mãe, os garotos olharam assombrados para aquilo, os pais deles eram bruxos, ou melhor, eram poderosos.

Mãe.. O que é isso?! - Teresa gritou, tentando ultrapassar o som que as criaturas faziam

Não a tempo para explicar, só sei, que terá de cuidar do seu irmão- ela gritou mais alto ainda.

Ela montou no unicórnio e meu pai no pégaso , eles fizeram um tipo de gesto e uma bola de energia se formou em torno deles, então começaram a galopar e voar na direção das criaturas. Quando elas se chocaram, uma explosão de luz aconteceu e ninguém viu mais nada. Quando o brilho cessou, as criaturas ainda estavam lá, mas meus pais tinha desparecido, nossos cordões estavam brilhando, elas se soltaram dos nossos pescoços e ficaram na frente dos animais, que olharam para aquilo e depois para nós. Eles desceram em nossa direção, gritamos para pararem e eles pararam no mesmo momento.

Acho que acabamos de ganhar novos bichos de estimação - Teresa disse um pouco espantada

Parece que eles... São ligados a nós, eu posso sentir o calor da fenix - Complementou Augusto

Mas nossos pais se sacrificaram para isso? Apenas para nos entregar isso?! - Teresa disse com raiva

Talvez eles tenham tido outro motivo - Disse Augusto pensativo - Acho que por isso deixaram o bilhete...

Avá é mesmo -.-'? Claro que foi por isso, vou ler:

[b]
Citação:
Meus queridos filhos,
Não pensem que nos sacrificamos atoa, nós temos parte da consciência de cada uma dessas criaturas, e se não tivessemos feito isso, o mal seria mais forte. Vocês devem estar pensando, que mal? O mal que está para chegar, é a fúria dos demônios. Vocês devem ir para a escola sobre-natural que se encontra na estrada da califórnia quilômetro 780, para chegar lá, usem seus animais, eles são ótimos transportes. Caso não enxerguem ela recitem: " wheres the light to save the world" e ela aparecerá. Se não entenderam, nós somos de um família antiga de pessoas com poderes. Todos na escola sobre-natural tem. Vocês devem dominar seus poderes e honrar o nome da família Guardflyer. Teresa, você pode entender bem os animais como se falassem inglês (estamos em Manhattan não no Brasil) Augusto você pode mexer com qualquer fogo sem se machucar, por isso a fenix é seu animal perfeito. Eu espero ter ajudado, agora, vão para a escola o mais rápido possível.
Com carinho, mamãe e papai.


Buaaaaaaaaaa!! - choramingou Augusto - ela morreu como heroína, ela e papai. Agora vamos para a escola.

É, vamos logo, se realmente vem uma paradinha do mal, que nem essa ai, estamos ferrados.

Você quer subir logo? - disse o grifo (lógico só a teresa entendeu)

É, vamos....

Eu montei no grifo e meu irmão na fênix, voamos na direção da estrada da califórnia. Augusto voou um pouco mais baixo, para poder enxergar as plaquinhas de quilômetros (para quem não sabe são aquelas placas menores e baixinhas com um numero de km escrito) . Com a velocidade do grifo e a visão da fênix (que ia dizendo para teresa qual o quillômetro estavam) chegaram logo ao quilômetro 780, mas uma coisa deixou eles assombrados, um edifício, largo e alto, como identificação: escola sobre-natural

Já passamos aqui mil vezes e eu nunca vi isso! - disse augusto impressionado

Ah.. Uma coisa em baixo do título: Invisivel para olhos normais. Não temos olhos normais!

É, faz sentido. - replicou Augusto dando de ombros

Eles se aproximaram da escola e viram um garoto, encostado no muro da frente. Corremos para lá pedir informações.

Ei! Com licença, meu nome é Teresa. Pode me dizer onde nos inscrevemos?

Meu nome é christopher, muito prazer. Mas não diga pra ninguém que estou aqui, o pessoal fica gritando para eu ajudar com os poderes. Mas não existe inscrição, se você viu a escola está inscrito. Mas precisa conversar com o diretor, para saberem em qual casa colocar você.

Ok. Valeu christopher - Teresa assobiou, augusto também - venham vão ter que ter um lugar para vocês

*São.. grifo e fênix...* pensou chrsitopher. Teresa e Augusto já estavam na sala do diretor, que estava avaliando os animais.

Podem deixar na área de transportes aéreos. - disse o diretor

Os funcionários pegaram nossos bichos e levaram eles por uma corda. O diretor nos analisou por alguns segundos e chamou um nome. Apareceu um garoto, se eu ouvi direito, o nome dele era lucca. O diretor conversou com ele. O diretor por fim, murmurou algo que fez eu e meu irmão apagarem.

Senhor sem ofensa mas eu não gosto de ver segredos profundos. - disse lucca

Mas você sempre me ajudou na escolha das casas - retrucou o diretor

Tudo bem. - Retrucou lucca

Ele fechou os olhos, seu corpo pareceu ficar transparente, caminhou na direção de Augusto, deitouse e mergulhou na alma dele, ficou falando:

Gosta de pizza, vermelho é a cor favorita, hum... Já tomou muitos castigos na voda, esquece fácil de coisas, afe, joga escondido GTA

Não continue, ele vai para west-wolf. Agora a menina.

A não, segredos de garotas não - ele murmurou - Vamos lá....

Deitou-se sobre ela e mergulhou na sua alma.

Gosta de milk-shake mais que tudo, adora animais e afe, é ótima em ciências (na verdade eu sou sim) joga the sims 3 pets. Anda a cavalo muito bem....

Ok.. Ok.... Ela vai para west-wolf também.

Ufa, não achei nada constrangedor.

Pode ir lucca, e boa sorte com suas amizades.

Lucca se retirou da sala no mesmo instante em que os garotos acordaram. Olharam em volta um pouco confusos, se lembraram da escola e dos pais desaparecidos.

Parábens, os dois estão em west-wolf!

West-wolf? - disseram os dois juntos

É a casa de vocês, cada pessoa tem uma casa, um grupo de pessoas form a casa, existem a north-wolf, south-wolf, east-wolf e west-wolf. (que nem as casas do harry potter)

Agora, siga-me - disse um dos funcionários.

Seguimos eles por vários corredores, até que chegamos em um especial, tinha o quadro de um lobo forte e saudável no deserto.

vocês só tem que dizer a senha, que essa semana é mordida calorosa. Ah, e o seu diretor é o professor lulpin.

Hããã, entendi, eu acho.

Vocês vão se acostumar, boa sorte, deem uma boa primeira impressão, fica-dica.

Chegamos perto do quadro e recitamos: mordida calorosa. O lobo se mexeu, o quadro abriu e uma passagem ficou visível. Entramos cuidadosamente, com cara de apavorados, não sabíamos o que encontraríamos. Mas me lembrei das palavras da funcionária "cause uma boa primeira impressão" cutuquei meu irmão e abri e fechei a boca, formando essas palavras. Ele entendeu, nós levantamos a cabeça e botamos um sorriso no rosto. Entramos em uma sala bem grande, tinha 3 estantes cheias de livros sobre criaturas poderes e tal, uma lareira com várias poltronas em volta e uma janela, grande o suficiente para vermos os terrenos da escola.

Sejam bem vindos! - disse um garoto - Meu nome é fênix, sou monitor dos west-wolf. Qualquer dúvida me procure.

Olá! sou triplo X , sejam bem vindos!

Todos nos cumprimentaram e nos mostraram tudo, vi dois garotos que estavam sentados em duas poltronas, mas eles pareciam ser afastados. E ninguém parecia notar eles. Me aproximei deles, eles pareciam estr meio a vontade mesmo sem ninguém notar eles.

Ei, vocês - disse, me aproximando- Por que estão sentados aqui?

Hã...O pessoal não gosta muito da gente. - disse o menino.

É... Eu nem tenho poderes direito - disse a menina

Meu irmão e triplo X estavam conversando sobre as fênixs, fenix estava envolvido na floresta descrevendo o porque do nome dele ser fenix. O garoto me parecia familiar... Já tinha visto em algum lugar.

Bem então... Meu nome é Teresa! Muito prazer, qual o nome de vocês?

Eu sou kamila

e eu sou lucca.

Porque os outros não gostam de vocês?

Bem, por causa dos meus poderes.. Eu posso convocar mortos e coisas assim, entrar na alma das pessoas- disse lucca

E eu não tenho poderes direito, meu pai disse que eu podia ver o futuro, mas isso nunca aconteceu. - replicou kamila

Ei - gritou fenix, o monitor - É hora da aula do trato de criaturas! Sigam-me.

Todos atravessamos o jardim da escola, andávamos na direção de onde estavam nossos animais. Notei que christopher estava calmamente com várias pessoas a sua volta conversando com ele, o garoto era popular. Aos poucos pude notar uma pessoa lá no fim:

Para Teresa e augusto - disse fênix - aquela é a professora ariel, ela cuida muito bem de animais.

Muito bem alunos ! Hoje vamos fazer um teste com as suas criaturas, quem quiser se canditatar para o time esportivo, me mandem um recado. Peguem suas critauras!

Todos assoviamos e do estábulo várias coisas saíram, pégasos, lobos, fenix, meu grifo... Todos montamos neles, parecia que alguns tinham dificuldade em montar, quando eu fui montar, notei que ele estava selado e com rédeas e reparei isso no animal de todos, menos os gatos. Depois dessa aula, a professora pediu para que Teresa, Fenix, Augusto, kamila, lucca e mauricio . Um garoto que tinha um lobo quase igual ao de fenix. De algum canto professor Lulpin apareceu:

Assisti a aula de vocês, e escolhi que vocês são os jogadores para o time da nossa casa.

A- a gente? - Disse augusto
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 9:53 am

Jogos perigosos


Vou chamar o técnico do time. ARALD!

Um homem musculoso, alto, com rosto amigável chegou correndo. O cara trazia na coleira um gigntesco animal, era uma quimera. Mas ela parecia completamente sobre o de Arald.

Muito bem! Quem sabe o que é wildball? - ninguém repondeu - não cortem meu barato, vou exlicar.. O wildball é um jogo que jogamos com nossos animais, temos 3 aros de alturas diferentes, o goleiro deve impedir que a goles - pega uma bola vermelha na mochila - essa bola aqui, atravesse o gol, temos os dois batedores, devem porteger os jogadores dos balaços - pega duas bolas pretas que saem voando por cota própria - os batedores devem impedir que elas matem alguém..

-M-matar? - disse augusto apavorado

-Fique quieto augusto! Deixe-me continuar! Bem o artilheiro, que joga a goles nos aros para marcar pontos. E por fim, o apanhador. que se preocupa apenas com o pomo de ouro - tira uma bolinha bem pequena, dourada - o pomo de ouro é rápido e quase impossível de se ver, se o apanhador pegar, o jogo acaba e quem pegou o pomo ganha 150 pontos. Bem aqui vai a escalação: Augusto goleiro -ele deu um pulo de alegria - lucca e mauricio como batedores - lucca não fez nada, mauricio não gostava dele- kamila e fenix, artilheiros - eles bateram as mãos - e Teresa apanhadora. - dei um soco no ar - Vamos fazer um treino para vocês verem como funciona.

Cada um montou seu animal, menos lucca e kamila, já que seus bichinhos eram bem pequenos. Arald liberou as 3 bolas e jogou a goles. A fenix montado em sua águia gigante, pegou ela e passou voando pelo campo. Kamila vinha correndo logo atrás com sua lebre aos pés. Teresa sobrevoava o campo tentando avistar o pomo.

-Presta atenção! Vi um lampejo dourado a pouco tempo! - disse o animal um pouco zangado

-Não é fácil raptor, você tem olhos de águia (literalmente) ! - disse ela tentando se livrar da culpa

-Raptor? - disse o animal

-É esse é o nome que te dei! - retrucou a menina

-Ali! - berrou raptor

Ele deu um mergulho repentino, pude ver um balaço indo na direção de kamila, ia gritar, mas derrepente o balaço parou, o olhar paralisante de night! Dois segundos depois, lucca estava ali, rebatendo o balaço para longe.

-Muito bem lucca! Ótima rebatida! - berrou o técnico

Ele deu um pequeno sorriso, fenix olhou para ele e mauricio também, estavam começando a reconhecer o quanto lucca podia ser legal. Mas algo fez tudo parar, uma explosão! Uma explosão na parede do campo! Um.. Um garoto causou ela? Parecia que um tipo de fumaça saia de seus olhos, como se ele tivesse lançado lasers pelos olhos. O garoto berrou:

-Meu nome é paul! vim aqui para levar novos membros e seguidores para Notrevis!

-Notrevis? - disse kamila - Eu.. Eu posso ver! Ele vai tentar atacar o Augusto, mexa-se!

Ela estava certa, um segundo depois, paul soltou lasers pelos olhos, Augusto, graças ao aviso de kamila desviou, mas o laser o pegou no ombro. Ele caiu, gritando de dor, corri para seu lado, o sangue escorria do ferimento. A raiva cresceu em minha alma. Uma aura azul apareceu como um contorno de seu corpo, asas apareceram em suas costas, seus olhos ficaram aguçados como os de raptor, garras cresceram em suas mãos. Ela agora, parecia uma guerreira de rapina, Lulpin e Arald ficaram de queixo caído, Lulpin sussurrou algo no ouvido do técnico, ele assentiu, chamou sua quimera, montou nela, e foi na direção da sala do diretor.

-Você ousou atacar meu irmão! Agora vai pagar por isso!

Aquela guerreira tinha uma espada na cintura (tenho pena do paul) ela a retirou na velocidade da luz, voou na direção de paul e fez vários cortes em seu corpo. Ele assustado bateu em retirado, com ferimentos por todo corpo. Mas a guerreira parecia estar fora de controle, começou a atacar fenix, augusto, kamila, lucca, todos que estavam ali. Mas logo, Arald retornou com o diretor, que murmurou algo e Teresa caiu no sono.
Acordou pouco tempo depois, todos seus músculos doíam, mas for isso, estava bem. Olhou em volta, fenix, augusto, kamila, lucca, mauricio, todos ali, machucados com cortes por todo corpo, mas sendo tratados pelos enfermeiros.

-O que... O que aconteceu? - ela perguntou meio tonta

-Você contém os espíritos das aves de rapina - respondeu uma voz

Um cara velho e barbudo, pelo crachá que continha, devia ser o verdadeiro diretor * será que aquele era só assistente? É, deve ser* pensou ela. O homem se sentou na cama onde ela estava.

-Você é da família guardflyer não é?

-Sim.. Mas como sabe, nunca disse isso. - ela respondeu

-Pelo espírito das aves de rapina, ele é passado de geração em geração, da família guardflyer. Você foi selecionada pelo espírito para ser seu herdeiro. Mas é muito difícil controlá-lo, por isso, temo um local especial e um professor especial para você poder aperfeiçoar esse seu dom.

-E.. O que aconteceu com eles - ela disse mostrando todos da sala

-Bem.. Você ainda não controla o espírito, e quando ele saiu, você afugentou o estranho, mas atacou seus amigos também.

-E-eu... Eu fiz isso?

-Sim.. Mas sem mais perguntas, você deve descansar um pouco.

A tarde, Teresa já tinha sido liberada para poder andar pelas dependências da escola. No caminho tinha encontrado christopher, rolava o boato que eu tinha machucado várias pessoas. Mas de acordo com ele, a porta da frente da escola também tinha sido, sorte que ele estava no lugar de sempre e pode atacar.

-Então parece que querem recrutar pessoas para dominar o mundo... - disse Teresa

-Bem.. É o que parece - respondeu christopher

-Eu Teresa - mauricio havia chegado montado em seu lobo - O diretor Alvoros quer falar com você

-Comigo? - ela respondeu meio preocupada
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 9:54 am

Criando pacto com um espírito


Teresa foi andando rápidamente pelos corredores da escola. Só agora ela percebia o quanto era grande. Foi seguindo o endereço do bilhete, mas quando encontrou o local, não tinha nada, a não ser uma estátua de Zeus. Tinha algo escrito na parte de trás do bilhetinho: Gosto de doces. O que isso tinha a ver com o endereço? Ela não fazia ideia. Até que ela veio a cabeça a ideia, uma senha! Tinha que ser uma senha.

Gosto de doces - ela disse na esperança de algo acontecer

E aconteceu, nem um pouco como esperado. A estátua de Zeus saltou do pedestral e encarou a menina, que para se "proteger" colocou o bilhetinho na frente do rosto (tipo protege demais não), e não é que funcionou? A estátua olhou para o bilhete e examinou a letra, era a letra do diretor, assim, ele deu um pequeno toque na parede, que abriu em uma passagem. Ela caminhou por um corredor, seus passos ecoavam pelo corredor, ela esperava que alguém forte, sério e nada bondoso fosse o diretor. Mas nada mais nada menos que o diretor era o velho que tinha encontrado na enfermaria. Ele fez um gesto para as cadeiras vazias, convidando-a a sentar, ela deu passos apreensivos até a cadeira. Sentou-se com mais cuidado ainda, mas o diretor parecia estar se divertindo com a situação.

Não se preocupe. Não é castigo. Só vim para te ensinar a controlar seus espírito.

Q-quer dizer que.. Aquilo que fiz não tem nada a ver?

Claro que não. Mas ao assunto, primeiro, quando o espírito apareceu?

Bem... - disse ela tentando se lembrar - Foi quando atacaram meu irmão, quando fiquei com raiva.

Aaah, explicado! Quando paul atacou seu irmão, você quis mata-lo, procurou, mesmo involuntariamente, poder para atacá-lo, pois até agora, você só sabia falar com os animais. Buscou forças e encontrou o espírito, mas ele veio involuntariamente, causando o descontrole. Se você chama-se ela, teria mais chance de controla-la

Então se eu chamá-la poderei controlá-la?

Não literalmente, o espírito decide se quer ser controlado ou não. Você deve conversar com ele.

Conversar.. Nossa, parece fácil convenser um espírito a me obedecer, principalmente QUANDO O ESPÍRITO É MIL VEZES MAIS FORTE QUE VOCÊ! - ela disse perdendo o controle da voz

Acalme-se, normalmente o espírito obedece por personalidade. - ele disse com calma

Teresa fechou os olhos, e se concentrou, pode ver um avatar seu olhando em volta, procurando um espírito. Era como ver a mim mesma numa televisão.

Eeeeiii, algum espírito ai!?

Aaah, minha hospedeira! Imaginei que me procuraria cedo ou tarde - disse uma voz, parecida com um pio de aves

Olhei para onde tinha vindo a voz, e vi a cópia idêntica do que eu tinha me tornado na batalha.

Hããã.. Eu queria fazer um acordo...

É, sua mãe disse o mesmo, mas gosto do seu jeito, luta pelos amigos, me chamou sem saber que eu existia, é, é do tipo que eu respeito. Eu aceito você, poderá me controlar.- disse a mestra das aves de rapina

É-é só isso? - ela disse um pouco impressionada - Quer dizer, achei que teriamos de fazer um ritual em minha mente.

Não, não... Isso é coisa que os mortais acreditam.

Novamente, sua visão voltava para a sala do diretor. Ele estava sorrindo, batendo palmas, e gritando vivas, diretor estranho aquele não?

O que sabe sobre o que aconteceu aqui - disse ela apontando para a cabeça

Só que o espírito te aceitou, a imagem de um falcão apareceu na sua cabeça! - ele afirmou

Nesse momento um alarme soou, ele ecoou pelos corredores da escola como um berrador. O diretor se levantou da cadeira em um salto, começou a correr, fazendo gestos para que ela o seguisse. Correram por vários cantos da escola, todos iam para a mesma direção, a sala comunal do east-wolf. Muitos já haviam chegado ao local, abrimos caminho na multidão, ele era o diretor tinha direito. Mas depois, me amaldiçoei por ter passado, no centro da sala comunal da east-wolf, um corpo, e uma poça de sangue em sua volta.
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 9:57 am

Com poderes de fogo

Era um aluno da east-wolf, na parte mas afastada da entrada, acontecia uma batalha. Reconheci o tal Gabriel que lutava com um tipo de Urso + chimpanzé.

Um kalkara - disse a guerreira de rapina na cabeça de Teresa.

Gabriel lançava bolas de fogo na direção do kalkara, ele parecia ter medo do fogo, por isso, fugia do fogo. Mas uns minutos depois, gabriel fez uma pausa de 5 segundos para recuperar sua energia, o kalkara se aproveitou da situação e arranhou o peito do garoto, Mas do nada, uma rajada de fogo passou pela muralha de curiosos e quase atingiu o kalkara.

Ah, foi por pouco! - disse uma voz lá no fundo

Um garoto estava no fim da muralha de espectadores, sua mão fumegava, mas ele não parecia estar sentindo nada. O kalkara olhou para o garoto e disparou na direção dele, mas uma bola de fogo o atingiu nas costas, Gabriel tinha se levantado, o kalkara se contorveu de dor, olhou para os dois desafiadores adversários, ambos donos de habilidades de fogo. Fenix olhou para o recém chegado, ele parecia controlar o fogo tão bem quanto fenix. O garoto se multiplicou, gabriel caiu no chão, estava sangrando demais, tinha que ser recolhido. O estranho foi rápido, cada uma de suas réplicas saltou , com o pé que ficou envolto em chamas e atingiu o kalkara de direções diferentes. O monstro mau conseguiu ficar de pé, caiu sem delongas, morreu.

Eu cuido disso -anunciou fenix, ele assoviou e sua águia chegou - Leve gabriel para a enfermaria!

A águia apenas pegou gabriel cuidadosamente, tentando não machuca-lo com as garras e saiu voando. Todos se aglomeraram em volta do cara que tinha chegado para salvar o dia.

Calma pessoal, sou apenas novato. Meu nome é Giovanni, muito prazer a todos!

Ei Giovanni - disse fenix - em que casa está?

Bem se não me engano estou na north-wolf... De zueira, sô da west-wolf

A galera da west-wolf começou a cumprimentar e dar tapinhas nas costas de giovanni, mas fenix e ele se olharam, alguns dizem que naquele momento, ambos soltaram pequenas chamas. Todos puderam sentir a rivalidade dos dois. Mas tudo se acalmou quanto Alvoros começou a falar:

Hoje, tivemos uma prova de que notrevis está retornando. Precisamos nos preparar, então, teremos mais aulas de combates a partir de agora, mas não é por isso que vou cancelar o torneio entre casas de wildball. Agora, circulando, não quero ninguém sabendo quem morreu aqui, anunciarei no jantar.

Todos se retiraram, mas alvoros ficou, examinou o rosto, deduziu que era um descendente dos kane, mas achou que era o último, a casa da vida tinha dado sua responsabilidade a escola sobrenatural, e os kane se recusaram a deixar a casa da vida, e acabaram morrendo lá, é, notrevis odiava sim os kane (quem não lê "as crônicas dos kane" não vai saber o que é a casa da vida) E tinha mandado o kalkara para matar o último, pena que também perdera um mebro valioso, os kalkaras só tinham problema com fogo se ele lembrava bem, a última vez que tinham matado um kalkara, foram necessários 3 homens totalmente vestidos com armaduras e especialistas em espadas, quando acabou, dois estavam mortos e o sobrevivente aleijado . Mas isso não vinha ao caso, notrevis estava ficando forte, já que tinha sido capaz de invocar o kalkara. A e por lembrar o kalkara tinha um olhar que petrificava, não tipo o da medusa "eu vou te transformar em pedra" e sim "vou te paralisar de medo" é, o kalkara era algo assustador. Mas recolheu o corpo e o levou para fora da escola, onde o enterrou. Enquanto alvoros fazia isto, estávamos no treinamento de combate, duplas tinham sido feitas e teriamos de batalhar um contra o outro.Na verdade, foi feita somente a lista pois era quase hora do treino de wildball. Augusto caminhava no jardins da escola, pensando no avatar de sua irmã, a guerreira das aves de rapina. Ele não conseguira algo parecido, ele conseguira ser ferido numa batalha contra um inimigo chamado paul. Ele era fraco, seu único poder era mexer com fogo, mas até sua fenix o superava nisso, ele era fraco. Uma voz ecoou em sua cabeça, uma voz parecida com o sibilar de uma cobra:

Augusto guardflyer, sente-se fraco não? Posso lhe dar poder - disse a voz

M-me dar poder? - disse augusto, seus olhos brilharam

Sssim... Posso te deixar tão forte quanto sua irmã, posso te deixar ser hospedeiro de um deus.

Um deus - o brilho em seus olhos aumentou

Claro, Junte-se a mim, sssseja um seguidor meu, seja um servo de notrevis! - disse a voz de serpente

Um servo... Onde posso encontra-lo? - disse augusto, parecendo estar em transe

Apenassss deixe que eu entre em sua mente o guie - respondeu notrevis

Claro, entre.

Uma hora depois, tinhamos ido procurar Augusto, era hora do jantar e ele não tinha aparecido. Mas a única coisa que encontraram foi:

Mensagem:
Fui me tornar poderoso, não me procurem
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:00 am

O novo goleiro


Todos estavam exitados, faltavam 2 dias para a primeira partida de wildball e eles não tinham um goleiro. Eles estavam conversando no salão principal, onde estava acontecendo o jantar.

Precisamos de um teste técnico! - disse fenix

Mas não temos tempo, precisamos de treino teremos de pegar alguém que pareça bom em lutar, pois se da socos bem, defende bem. - disse o técnico.

Então o giovanni é uma boa ideia - disse lucca - ele lutou com um kalkara!

Huuummm.... É, vamos ver a habilidade dele. Ei giovanni! - gritou Arald

Que foi? - disse ele se aproximando.

Vamos testar você como goleiro. - ele disse.

G-goleiro?! Maneiro! vamos lá! - disse giovanni.

Saíram do salão principal, onde chamaram vários olhares curiosos, afinal era o time saindo da mesa. Chegamos ao campo de widball, mas kamila tinha ido pegar os animais no estábulo. Ela chegou acompanhada de uma garota e de um cara, que também estavam deixando seus bichos nos estábulos. Cada um montou o seu animal, exceto os outros dois, que ficaram observando o treino

Muito bem giovanni, fenix e kamila irão arremessar a bola e você tem que pegar, é o básico... Ah e cuidado com os balaços, eles podem deixar você inconsciente.

Certo, vamos começar - disse giovanni um pouco apreensivo.

A goles começou com fenix, que voou bem alto com sua imensa águia, depois, jogou a goles para kamila, que se teleportou junto com a lebre para perto do gol e arremessou a bola.

Acha que consegue pegar? - disse giovanni

Eu já te desapontei alguma vez? ali, FOGO - disse a cabeça de leão da quimera, mas só giovanni conseguia entender

Então, a cabeça de dragão da quimera, soltou uma rajada de chamas que mandou a bola devolta ao campo. Fenix apanhou a bola num movimento rápido, e voou velozmente na direção do gol. A quimera levantou voo para conseguir defender qualquer bola de fenix. Mas fenix não mandou uma bola normal, ele arremessou a bola que seguiu de um jato de água, dando força a bola.

Impacto aquático! - disse fenix

A goles foi envolta em uma camada de água que ganhou potência com a força do jato. Giovanni, deu uma ordem para a cabeça de ovelha, que lançou um choque na direção da bola, que caiu nas mãos de kamila. Ela sugou um pouco da luz do sol, se teleportou para o alto e liberou um raio de luz na bola.

Goles brilhante! - disse kamila

Os dois artilheiros já tinham habilidades, isso era ótimo. Mas a luz do ataque, fez com que o ele tapasse os olhos e não visse a bola, mas o dragão viu e lançou suas chamas, o que protegeu o gol.

Prii priiiiiii!!!! - apitou arald - Ok, ok, incrível giovanni, você está no time!

Yess!! Ouviram isso?! Estamos no time! - ele disse as cabeças da quimera.

Voltamos aos estábulos e deixamos lá nossos animais, andamos na direção da biblioteca, pois todo o time estava disposto a descobrir quem era notrevis. O grupo escolheu uma mesa e começou a pesquisar na área de força das trevas. Kamila, a inteligente, encontrou o livro onde estava informações de notrevis. O nome era: senhores das trevas

Aqui! -disse ela - vou ler:
Citação:
nome: notrevis
idade: desconhecida
Citação:
especialidade: fazer o caos invadir seu corpo e querer tornar você maligno.
história nas trevas: notrevis é o maior senhor das trevas que já existiu, procurou pelos 4 pergaminhos sagrados, fogo, ar, água e terra. Encontrou todos, e uniu eles, criando o pergaminho das trevas, mas um tempo depois , alguém foi forte o sufciente para apagar todo o poder dele, assim, notrevis desapareceu. Mas um tempo depois, notícias de mortes sem explicações correram o mundo, e mortes sem explicação são as especialidades de notrevis, isto é, depois do caos que ele trás . Todos agora, quer dizer, todos do mundo sobrenatural, estão alertas, pois sabem que notrevis é a maior ameaça que o mundo sobrenatural já enfrentou, e o homem que foi capaz de derrota-lo foi Shiram guardflyer, que atualmente está morto....



Esperaí! - disse Teresa - Quer dizer que meu bisavô era o cara que salvou o mundo e meus pais nunca me contaram?

Me parece ser isso Teresa - disse kamila - agora, continuando:

Citação:
... notrevis , percebendo que o perigo passou, está recrutando novos seguidores, e seu poder está voltando, sabemos de um ataque de kalkara na escola sobrenatural, e todos acreditam ser obra dele.



Mas como esse livro sabe que tivemos um ataque de kalkara, isso foi um acontecimento recente! - indagou fenix

Sabia que perguntariam isso - disse uma voz, era alvoros - Este livro sabe de tudo que acontece com notrevis ou de obras dele, mas é proibido ficar sabendo de tudo, a cada dia novas informações são escritas por ele mesmo.

Uau, parece incrível! Mas como faz isso? - disse giovanni

Isso ainda é um mistério giovanni, mas acho que já está tarde, é hora de voltarem para suas salas comunais. -disse alvoros- o senhor filch não permite alunos fora da cama a noite.

Todos voltaram para a sala comunal e ficaram pensando nas informações que tinham conseguido e por fim, fenix, o monitor disse:

Bem, precisamos descansar para amanhã, pois temos um jogo, vamos dormir.

É, tem razão, boa noite.

Todos se retiraram da sala, Teresa e Kamila para o dormitório das meninas e os outros para o dos meninos, no dormitório das meninas, elas encontraram uma garota que ainda não conheciam:

Olá, quem é você? - perguntou kamila

Eu sou malu, estava assistindo o treino e vocês devem ser kamila e Teresa, eu cheguei aqui hoje, ainda estou meio perdida sabe...

Também fiquei assim quando cheguei, vamos te ajudar amanhã. - disse Teresa

Enquanto isso, no dormitório dos meninos...

Ei kile, o que veio fazer aqui?? - disse christopher

A manow, se você tem poderes eu também tenho! É de família, eu vim pra cá para poder controlá-los. - disse kile

Ei que, que ta rolando aqui? - disse fenix

A pessoal! Bem.. Esse é meu irmão, kile. - disse christopher

Muito prazer, eu sou giovanni, esse é o fenix, esse o lucca e esse o mauricio - disse giovanni

É bom conhecer vocês! Mas acho que tem um jogo amanhã, é melhor descansarem. - disse kile

Naquela noite, todos dormiram com um mesmo pensamento: como derrotar notrevis e como ganhar o jogo
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:02 am

Pra frente west-wolf


Foi uma manhã tensa para todos do time, a galera ia ter o primeiro jogo, não importava quanto treinos tinham tido, não mudava o fato de que seria difícil. Ninguém comeu o café direito, malu e kile ficavam tentando animar a galera, mas em tentativas mau sucedidas. Então maurício voltou do quarto, mas tinha uma cara mais ou menos agradável, não dava para saber se era desconfiança ou confusão.

Vocês viram aquele cara na ponta da mesa? - disse ele

Que cara? Ah, aquele lá... - respondeu lucca

Eu nunca vi ele aqui. Será que é novo? - disse kamila

Deve ser, não parece ter amigos. - disse mauricio

Parô parô, eu vi ele lá no quarto, na mochila tava escrito mangutot. - indagou giovanni

Mangutot... Porque será que acho que já ouvi esse nome?... - disse teresa

Todos comeram em silêncio depois da discussão. Até que aos poucos, eles foram notando que tinham umas 2 pessoas que não conheciam. Maurício quando viu a menina nova quase caiu pra trás.

É... É ela... Ela não pode ser sobrenatural... - disse ele

Ela quem? A novata? Tem alguma ligação com você? - disse lucca

É, minha namorada. - respondeu mauricio

E o menino não me é estranho - disse kamila - parece que já vi ele em algum lugar

Afe, então meio que não tem nenhum novato ou estranho?! - Teresa disse

Nesse instante arald entrou no salão, tinha uma goles na mão, logo berrou : " TIME!" Todos se levantaram.

É o seguinte, o jogo vai começar, então coloquem seus uniformes e é hora de wildball!! - disse o técnico

O time todo se levantou e os novatos pareceram um pouco surpresos ao ver aquelas pessoas se levantarem. Todos foram para o vestiário (meninos no masculino e meninas no feminino) Dava pra perceber a tensão no ar, era o primeiro jogo de wildball do ano! Todos foram para o campo e assim que saíram do vestiário uma onda de aplausos da casa west-wolf encheu o local. Quando a north-wolf saiu aconteceu o mesmo. Fenix deu um passo adiante e cumprimentou o capitão do time adversário. Depois os tratadores apareceram com os animais de cada um. Montei raptor e cada um montou seu animal, cada um foi para sua posição e o juiz apitou. A goles voou e todas as bolas foram soltas. O artilheiro da north-wolf pegou a goles e avançou com ela.

E parece que o artilheiro da north-wolf pegou a bola! Opa, é um clarão de luz, não! É kamila se teleportando! A posse de bola é da west wolf!! - berrava o narrador - Kamila avança para o gol em velocidade incrível, opa! Lá vem um artilheiro do adversário, que é isso! Kamila passa a bola para fenix, que avança pelo campo em sua águia! E ele se prepara vai arremessar a bola!
Grand fire! - disse fenix

E lá vai a bola como um corte na direção do aro! Será que o goleiro defende? - berrava o alto falante- ele está com dificuldades, mas... opa, lá vem o rinoceronte de estimação, ele da uma ajudinha e a bola é rebatida! Um artilheiro pega a bola e... MEU DEUS DO CÉUI, TERESA DEU UM MERGULHO??? É ISSO MESMO, SERÁ QUE AVISTOU O POMO???? Opa, mas o apanhador do outro time viu, e mergulhou também, parece que o mecha-aguia com suas turbinas conseguem ultrapassar a velocidade do raptor!

Não tão rápido! Mergulho fatal! - disse teresa

Mas o que é isso, uma corrente de ar surgiu do nada e está dando velocidade ao griffo! E teresa ultrapassa o artilheiro! Mas o que? ela parou de repente! Perdeu o pomo de vista...

Aaaaaaaahh.... - resmungou a plateia da west-wolf

Opa, parece que perdemos um ataque! Fenix avança com sua águia pelo campo! Que?! Um balaço rebatido pelo batedor da north-wolf vem na direção dele! Que? O balaço foi abocanhado pelo lobo de maurício! E lá vem ele com o taco! UIA! O BALAÇO FOI NA CARA DO GOLEIRO DA NORTH-WOLF! Será que o rinoceronte defende sozinho?Grand-fire!

Que vexame! sem o dono o rinoceronte tem medo e foge! É PONTO PARA WEST-WOLF! PLACAR ATUAL: 10 west-wolf X north-wolf 0. Novo ataque a caminho, mesmo com o gol a north-wolf não se abala! Um ataque, os artilheiros avaçam, oque, lucca vai reagir?

Mão esqueleto! - berrou lucca

É uma mão que surgiu dio nada! Ela roubou bola deixando o artilheiro desnorteado! A bola é de kamila, que qué isso, o goleiro está acordando!

Mas isso não me impede de marcar! Canhão de brilho!

Não tão rápido! Barreira de gaea!

Opa opa! que defesa, a bola não entra no gol! O artilheiro segue na direção do gol.... TERESA MERGULHA MAIS UMA VEZ! - BERRAVA O NARRADOR

Dessa vez eu não vou perder ele de vista - berrou ráptor (mas para outras pessoas saiu um "piaaaaa!!")

Não mesmo! Mergulho fatal! - berrou teresa

E novamente vai a rajada de vento ajudando! O mecha-águia não consegue acompanhar! Será que ela pega??!! Raptor da um rasante no chão e sobe novamente! O que é aquilo na mão da teresa? É O POMO!!! E O JOGO TERMINA COM A VITÓRIA DE WEST-WOLF POR 160X0 QUE DERROTA INCRÍVEL!

OLÊ OLÊ OLÊ OLÁ! WEST-WOLF NÃO DÁ PRA DERROTAR!! - Gritava a torcida

O time se uniu no meio do campo e começou a comemorar, tinha sido o primeiro jogo e eles tinham ganhado! BUM, uma parede explodiu, todos os olhares se voltaram para a direção um garoto de uns dez anos saiu de lá, por mais doloroso que fosse era Augusto. Uma aura vermelha estava a sua volta.

Como é bom ver vocês denovo... - disse ele com uma voz perigosamente calma - Pena que um de vocês pode morrer hoje.... Oh, me perdoem, não disse o que é essa aura vermelha. ESSE É O DEMÔNIO DO FOGO! Senhor das chamas, dono dos vulcões, chama inapagável. Ele será a últuima coisa que você verá em uma luta contra mim ! Mas agora, quem se candadita a batalha para minha demonstração?

Eu. - disse alguém na platéia

E qual é seu nome?

Eu... Sou Mangutot Guardflyer

GUARDFLYER? - dissemos eu e augusto em unissono

Eu também quero, já que é tão forte, talvez não se importe em lutar comigo. - disse outra voz na platéia

Dois? Legal! Mais diversão, qual seu nome?

Gabriel Angers - disse o novato

Angers? GABRIEL, meu primo... - disse kamila.
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:03 am

Chama contra chama, Augusto X Mangutot



Os três se encararam por um tempo, até que num movimento rápido, Augusto apanhou uma espada nas suas costas e avançou em mangutot, gabriel se pos na frente dele e usou o campo de força, Augusto saltou rapidamente e pairou acima do campo de força

Katon estilo fogo, bola de fogo! Gokakiu!

Uma rajada de chamas saiu da boca dele e bateu no campo de força, envolvendo ele com as chamas, quando as chamas pararam, augusto tinha desaparecido, gabriel desfez o campo de força. Erro fatal. Augusto apareceu do nada e encostou um tipo de bola de fogo na barriga de gabriel, que voou longe com as roupas pegando fogo, kamila foi atrás dele pegou-o e teleportou-se para a ala hospitalar.

Espera augusto! - disse teresa

O que é irmã?

Cade sua fenix?

Que fenix - disse ele com um sorriso malicioso espalhando-se pelo rosto

Seu bicho de estimação! Não se lembra dela?

A, você quer dizer o Manda? Jutsu de invocação!

Uma cobra gigantesca surgiu do nada, devia ter o comprimento de tres limusines beeeem compridas. Todos olharam fascinados para a criatura. Augusto fez um sinal e a cobra mergulhou na direção de mangutot como um relâmpago, mas alguém na plateia gritou. Algo correu na direção da cobra com uma velocidade incrível! Era christopher, mas ele parecia diferente, mais forte.

Pelo espírito de yori! Eu destruirei você! - gritou christopher

Um cumulu nimbus se formou acima da cabeça da cobra e relâmpagos a acertaram, fazendo-a se desfazer em fumaça.

Não é meu único bichinho! INovcação! - disse augusto

Um gigantesco pássaro surgiu no céu, augusto apontou para christopher, que tinha desacordado com o poder utilizado. Christopher voou longe a bateu na arquibancada, kamila surgiu e teleportou ele para a ala hospitalar. Maurício correu na direção do grande pássaro, quando uma meninadeu um golpe na cabeça da ave, que sacudiu sentindo dor. derrepente, o pássaro inteiro se congelou e caiu no chão com um estrondo, mas isso quebrou o gelo, mas mauricio apareceu para salvar o dia, materealizou uma espada grande e afiada, barbara transformou suas mãos em garras compridas e afiadas. Ambos correram na direção do pássaro e acertaram ele com tudo, fazendo ele desaparecer em fumaça.

A chega de princar - disse augusto, ele estalou os dedos e ambos foram presos em um cubo de aço. Todos do lado de fora, murmuraram algo como "nossa" ou "como ele fez isso" e também " cade aquele augusto pra eu acabar com ele".

Agora emfim sós - disse augusto dentro do cubo

Não perderei facilmente! Nitro charge! - disse mangutot

Mangutot teve seu corpo envolto em chamas, avançou na direção de augusto mas ele fez um X com os dedos em chamas, esse X prendeu mangutot e o queimou. Mangutot decidiu que era hora de pedir ajuda. Deu um assobio potente, derrepente um " piaaaaaaaa" veio do lado de fora do cubo, a parte de cima do cubo abriu um buraco em escuridão e uma fenix escura surgiu e atingiu augusto no peito com a cabeça. Augusto bateu na parede de aço, mas se levantou com um gemido.

Não vou perder parea uma pateta novato como você, estilo fogo, jutsu da invocação do fogo!

A aura vermelha surgiu novamente em seu contorno. Ele disparou na direção de mangutot e atingiu-lhe um soco na barriga, mas por um segundo mangutot conseguiu enxergar os olhos de augusto, que estava em chamas (literalmente, a irís estava em chamas) Mangutot bateiu contra a parede de aço, e em um segundo, augusto deu um chute chamejante no queixo de mangutot, que voou.

Ei, o... O que é... Isso nos seus olhos - disse ofegante, mangutot, sua boca estava escorrendo sangue.

A você notou, bem, isso é o flaregan, os que o demônio do fogo aceitam são dotados com esse poder. Ele tem o poder de localizar chamas, causar incêndios onde se olha (se quiser) e criar o amaterasu, a chama que nunca se apaga, e queima onde o usuário olhe.

Impossí... cof, cof... Impossível. - disse ele, e assim, desmaiou.

O cubo se desfez, augusto estava em pé, ao lado do magutot desmaiado. Alvoros apareceu no meio da multidão, augusto logo reagiu e a raiva cresceu dentro dele. Alvoros fez um movimento com a mão, criou uma luz azul, que tocou augusto, os olhos dele se esbugalaram e ele teleportou dali. Alvoros se aproximou de mangutot e disse:

Está só desacordado, alguns músculos machucados, mas nada impossível de tratar, kamila, leve-o para a enfermaria - disse ele.

4 horas depois, estavam todos jantando. Não se ouvia outro assunto a não ser o ataque no campo de wildball. Derrepente, mangutot, gabriel e christopher entraram no salão. O time de quadribol, barbara e vários outros alunos da west-wolf se levantaram e foram parabeniza-los pelo incrível desempenho mesmo sendo novatos. Naquela noite, foi curtição no dormitório dos meninos e das meninas do west-wolf, mas quando enfim foram dormir, giovanni teve um sonho, um sonho estranho: A Quimera que Giovanni carregava consigo, leva-o a um lugar estranho, tinha um sacerdote lá. Ele era um velho, olhos puxados, e tinha um cajado. A fera se curva para ele. Giovanni não entende nada, só espera. O velho sacerdote se levanta, passa o cajado sobre sua mão, e diz à Giovanni:

Seu animal tem uma capacidade de ataque incrível, de 810. - disse o sacerdote intrigado

O quê? Não estou entendendo nada. Poderia explicar? - perguntou giovanni

Simples. Cada fera existente no mundo sobrenatural tem uma base de informações. Reúne força de ataque, força de defesa, velocidade, agilidade, e os golpes de energia que ela lança. O máximo destes componentes é 1000. Sua Quimera tem:
810 de ataque, 500 de defesa, 900 de velocidade, 655 de agilidade, e 970 de golpes de energia. - explicou o sacerdote

Então quer dizer que ela não é boa para defesa? - comentou giovanni

Nem tanto, meu caro. - disse o sacerdote

Pensando nisso, Giovanni voltou voando com sua Quimera para a escola.
Giovanni acordou pensando neste sonho, o guru (sacerdote) parecia familiar. Resolveu comentar esse sonho com o diretor. Assim que o café terminou, giovanni disse que ia ao banheiro. Deu de cara com o professor lulpin quando estava na frente da estátua de zeus.

Posso saber o que está fazendo aqui? - perguntou o professor

E-eu preciso falar com o diretor! É algo estranho - respondeu giovanni

Bem, deixa que eu falo a senha e você entra então. doce de abóbora - ele disse baixinho

a estátua saiu de seu pedestral e deixou que giovanni passasse, ele atravessou correndo o corredor e quase deu um encontrão com o professor.

A querido giovanni, o que o traz aqui? - disse o diretor

Eu tive um sonho estranho - começou giovanni, e com um horrível pensamento, percebeu que o guru era familiar pois era identico a alvoros e então contou seu sonho.

É, esse guru é meu irmão alvo aberforth, e vou te explicar tudo....
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:04 am

Batalha com os trovões



Giovanni voltou correndo para o salão principal onde estava acontecendo o café da manhã. Se aproximou da turma e ia falar.

Ssshhhhh.. Alvoros vai falar! - disse kamila

Caros alunos! Tenho o prazer de apresentar um professor que ajudou hogwarts e meu primo alvo dumbledore me emprestou por causado problema com notrevis. Tenho o prazer de chamar a mesa dos professores: PERCY WEASLEY! Trabalhou no minestério da mágia mas virou professor de defesa contra arte das trevas.

Cara é o percy! Brincou né?! - disse teresa

É o irmão do rony, será que o harry se mudou também? - disse kamila

Esqueçam isso e me escutem! O alvoros tem um irmão que se chama alvo aberfort... - começou giovanni

Já notaram que todo menbro da família do diretor tem alvo no nome? - comentou mauricio

DEIXA EU CONTINUAR - e assim contou tudo que tinha acontecido enquanto estava com o diretor - e acho que seria bom a gente encontrar esse irmão para ver as habilidades dos nossos animais!

Parece boa idéia. Eu estou de acordo - disse lucca

Todos concordaram, disseram isso a alvoros, que relutante, deixou-os ir. Cada um montou seu animal e a quimera guiou o grupo. Giovanni logo foi reconhecendo o local. Mas já estava tarde quando alcançaram a montanha e os animais terrestres não dariam conta do recado. Cada um tirou um saco de dormir da mochila e se deitaram, giovanni entrou floresta a dentro para procurar lenha pra fogueira. Um tempo depois fenix avistou fogo. Todos estavam lanchando, quando um barulho muito grande, barulho de explosão vindo de perto. Todos se levantaram correndo pra ver o que era. Olharam para a floresta, e viram fogo, um fogo muito intenso vindo de lá fora.

Peraí! Só o Giovanni controla o fogo, como pode ser? - Disse fenix

Eu também controlo, seu animal! - Disse Mangutot

Mas você não controla com tanta intensidade, deficiente! Sua velocidade é melhor que seus outros poderes, além disso, não está lá fora, o Giovanni está.

Cara, não tá me vendo aqui? O que gerou isso não foi fogo. - Disse Giovanni, com uma voz fria. - Se fosse, eu saberia. Tenho o dom de saber quando fogo se aproxima. O que gerou isto foi um raio. - Colocou mais frieza a voz.

Um raio? É mesmo, tá trovejando. Ei! Esperem! Aquele é o Percy?

Direcionamos nossa visão para fora, vimos Percy com a camisa rasgada e mancando. Ele estava lutando contra um garoto de cabelos claros, que tinha correntes elétricas em suas mãos.

É um servo de Notrevis, com certeza. Christopher, Fenix, Mauricio! Vamos! Ah, e... Kyle e Barbara, seus poderes de Gelo ajudarão aqui.

Fenix me olhou como se quisesse dizer: "Tá pensando que é o que?" Mas me seguiu. Todos fomos ao local da batalha. Vimos um garoto e uma garota machucados lutando contra o servo de Notrevis.

Perdem seu tempo, irmãos! - opa! - Não vão conseguir me deter!! Descarga atômicaa!!

A garota usou uma parede de gelo e o garoto tentou desviar com sua agilidade, mas ambos foram atingidos e ficaram inconscientes. Ao ver o rosto dos garotos, giovanni começou a lembrar de várias coisas. Mas eram tantas lembranças dolorosas, felizes e várias emoções. Que o sistema nervoso não conseguiu processar e giovanni caiu inconsciente.

Sabia que se meteriam em encrenca! - disse uma voz no meio da floresta.

Um garoto surgiu montado em um pégaso, o garoto era bem familiar.

É o gabriel, o cara que me ahudou com o Augusto. - disse mangutot

Que bom que se lembram de mim, kamila me ajuda aqui! - disse gabriel - sou east-wolf mas tudo bem.

Deixa que eu ajudo - disse o gabriel da west - wolf

OK. kamila fique ao meu lado direito, gabriel do meu lado esquerdo. Campo de força! Agora gabriel taque fogo no campo de força!

Se quer incendiar seu campo de força? - disse gabriel

Confia em mim - respondeu o primo de kamila

Ta.. - disse gabriel, e incendiou o campo de força

Kamila agora nos teletransporte junto com o campo de força, e temos que ficar em cima do cara. - disse o gabriel (primo de kamila)

Como dito, kamila teleportou o campo para cima do servo de notrevis e como uma bola de fogo, despencou em cima do garoto, que foi atingido pela bola. Mas saiu rapidamente e um trovão ribombou, atingindo os três. Mas como estavam com campo de força ficaram ilesos. Gabriel 1 (o gabriel primo é 2 e o controlador de fogo é 1) deixou o campo de força e criou uma bola de fogo na sua mão que atirou no cara. Mas com a corrente elétrica que carregava, rebateu o golpe, que atingiu barbara. Mauricio ficou furioso, materealizou uma bazooka gigante em que só ele conseguia carregar, e atirou no menino, mas um escorpião apareceu como um raio apanhou o garoto e o levou para baixo da terra, a última coisa que ouviram foi:

Vocês pensam que me derrotaram, mas apenas estou adiando a morte de vocês, para quando lutarmos novamente, eu tenha uma diversão maior. MUAHAHAHA

Isso pareceu um aviso, acho melhor irmos dormir... - disse lucca

espera e o giovanni? - disse teresa

Kamila você consegue teleportar ele para o hospital?! Ou melhor, para a ala hospitalar.

Claro *teleporta* - disse kamila

EEEII o que fizeram com meu dono???!!! - berrava a quimera, mas as pessoas só entendiam rugidos, teresa entendia.

Calma, ele foi para o hospital, tem como você continuar guiando a gente amanhã? - respondeu teresa

Desde que eu tenha certeza que meu dono está bem. - respondeu o animal

Claro, durante a noite pode voar para a escola. se for rápido chegará aqui amanhã na hora do almaço. - explicou teresa

Certo, durmam enquanto eu vou para a escola... - respondeu a quimera e assim levantou voo

Todos puxaram seus sacos de dormir e caíram no sono.
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:05 am

Volcanos




O sol batia nos rostos dos garotos adormecidos no pé da montanha. Gabriel 2 foi o primeiro a acordar, acordou todos. Fenix como monitor, sabia como cozinhar (xD) Fez um café da manha para as pessoas a para os animais. Após tudo feito Cada um montou seu animal, e juntos, subiram a montanha. No topo, nada viram, a não ser uma gruta. " ele ficava em uma gruta" lembraram do que giovanni havia dito.

Acho que devíamos entrar. - disse mauricio

Você acha? eu tenho certeza - replicou fênix

Bem gabriel(1) d pra fazer uma chama aí? - disse kamila

Dá, no corredor inteiro ou na mão - disse gabriel 1

Na mão - respondeu fênix

Gabriel acendeu uma bola de fogo na mão, caminhando na frente pelo túnel. Depois de 5 minutos de caminhada, avistamos uma chama que parecia surgir do chão, provavelmente uma fogueira. Havíamos encontrado o irmão.

Com licença, tem alguém aí? - disse teresa

Huuuuuuuuuummmmm..... - disse alguém, parecia estar meditando

Hâ, podemos conversar?

Seu griffo tem:
750 de ataque, 750 de defesa, 1000 de velocidade 900 de agilidade 300 de golpes de energia.
seu lobo tem:(mauricio)
1000 de ataque, 800 de defesa, 750 de velocidade, 750 de agilidade, 500 de golpes de energia
sua águia tem: (fenix)
800 de ataque, 500 de defesa(ossos de aves são frageis), 1000 de velocidade, 900 de agilidade, 300 em golpes de energia.
seu leão tem : (gabriel 1)
900 de ataque, 800 de defesa, 500 de velocidade, 400 de agilidade, 600 em golpes de energia
(e finge que ele disse de todos pq se não vou ficar postando aq eternamente)

Mas eu nem disse nada, como sabe que viemos atrás disso? - disse teresa intrigada

Eu sou um sobre natural, meu poder é ler mentes - disse alvo


Enquanto isso acontecia, giovanni encontrava-se na ala hospitalar, desacordado. Abriu os olhos aos poucos, tentando lembrar de algo, então lembrou-se dos 3 rostos que viu e começou a se lembrar de tudo, bruna a garota, daniel o garoto e andré, que era o adversário, mas porque andré lutaria com eles? Isso ficou na cabeça até se acordado do seu devaneio.

A você acordou, que bom. - disseram duas vozes ao mesmo tempo

Giovanni automaticamente se virou para ver quem eram os dois. E para sua surpresa, eram daniel e bruna. Ambos haviam se aproximado e ele não percebera.

Daniel! Bruna! Vocês estão bem! Mas o que aconteceu?

Bem, eu e daniel viemos para a escola, mas andré preferiu ficar. Então provavelmente notrevis o pegou e o transformou em um de seus servos, quando o encontramos ele nos desafiou, e ai chegou o percy, mas nem ele conseguiu deter andré, ele tinha se tornado muito forte. Mas então vocês chegaram - disse bruna

E como eu vim parar na escola? - disse giovanni

Eu teleportei você pra cá - disse kamila se aproximando - e teleportei eles junto, você apagou assim que viu andré, bruna e daniel.

E os outros já voltaram? - perguntou giovanni

Parece que não, estou começando a ficar preocupada - respondeu kamila, então seus olhos brilharam mesmo m uma luz branca e depois voltaram ao normal - meu deus! Ele vão ser atacados, eu posso ver! Três, 3 servos contra eles

consegue ver? - perguntou bruna um pouco confusa

é a kamila pode ver o futuro. - começou giovanni - mas voltando ao assunto, eles vão ser detonados! Os servos de notrevis são muito bem treinados. Mesmo eles estarem em vantagem numérica, estão em desvantagem por força, bastou o augusto para lutar contra 5 e quase nem se machucar!

Mas nós não podemos ir, você tem que descansar giovanni. - disse bruna

Não to nem aí, kamila, me teleporte para o lugar onde viu eles pela última vez! - gritou giovanni, saltando da cama. Então, kamila se
m opções, teleportou-se junto com giovanni para onde os amigos tinham acampado. Giovanni examinou o local e olhou para cima, e reconheceu a montanha como a montanha do sacerdote.

Kamila da pra teleportar lá pra cima ou vou ter que escalar?

Não consigo teleportar para lugares que nunca fui.

Então é hora de escalar. - disse ele

As mãos de giovanni entraram em chamas, e jatos de fogo bateram no chão, empurrando le para cima, fazendo-o voar de certa maneira. Chegou ao topo em 10 minutos. Ele encontro todos nós amarrados um no outro enquanto três garotos debochavam de nós

se consideram alunos da escola sobrenatural?! Hahahaha, vocês baixam a guarda muito fácil!! Nunca serão guerreiros de verdade - disse o do meio

Não deboche, tem uns aí que podem estar fingindo fáceis. Teresa por exemplo não perderia tão fácil - disse o da direita, era augusto.

Matem logo, eles são os que mais sabem! Nosso mestre vai ficar furioso se não matarmos esses logos

Ninguém vai morrer! Raptor agoraaaa!!! - berrou teresa

Raptor desceu dos céus e derrubou eles, nesse instante, teresa chamou pela guerreira dentro dela, " cara eu esqueci de me apresentar, sou rowena, vamo lutar!" A guerreira de teresa apareceu, as asas cresceram, a visão melhorou muito e as garras apareceram. Cortou as cordas e todos ficaram livres. Mas paul usou sua visão laser, que criou um tipo de linha bem funda. Deixando apenas eu, augusto, paul, andré e giovanni, que foi notado assim que a linha foi feita. Mas deu correu e atravessou o círculo feito sem ser notado, ele podia ser forte, mas não o suficiente para enfrentar sem ajuda e mesmo teresa não conseguiria.

Onde você vai giovanni? - gritou teresa

Tirar todos aqui. - respondeu ele

Mas quando saltou, foi um pouco forte demais, e o que todos acharam que fosse apenas uma cratera na montanha, era uma cratera de vulcão e estava cheia de lava, giovanni caiu lá em queda livre. Mas a lava não queimou, quando mais fundo ele penetrou no vulcão mais ele podia distinguir um rosto estranho e assustador. O rosto pegava fogo

Seja bem vindo ao vulcão sagrado, na verdade, está mais na sua imaginação do que no vulcão, mas me ouça: notrevis fica mais forte a cada dia e a cada pessoa ou monstro ou animal que se une a ele. E vocês precisaram de ajuda, acho que sabe o que eu sou, sou a mesma coisa que sua amiga tem, mas tenho outros poderes - disse o rosto

Você é um espírito? Quer dizer, a teresa tem um espírito de aves de rapina, então você seri um? - perguntou giovanni

Sou volcanos, senhor do fogo. Tenho meu rival, mas nem gosto de falar o nome dele. - disse volcanos

O espírito do algusto? - perguntou giovanni

É.. Mas você é forte, já era poderoso antes de entrar na escola, derrotou um kalkara com facilidade. Você é muito forte giovanni, e eu quero que seja meu hospedeiro.

E-eu hospedar você? - disse ele pego de surpreso

Sim, mas se não quiser não tem problema.

Se for para ajudar todos aqui eu aceito!

Estamos perdendo tempo, vamos logo com isso, a gente se vê!

E assim, giovnni abriu realmente seus olhos, estava a 1 metro da superfície, seus pés e suas mãos esquentaram e ele foi arremessado como um cometa para a superfície, caiu no chão com um estrondo, mas caiu de pé. Seu corpo estava em chamas, mas ele não se queimava, seus olhos eram orbitas em chamas, mas com visão normal.

Mas o que é isso? - perguntou teresa meio surpresa com sua voz dupla (voz de teresa junto com rowena)

Isso é volcanos! E eu sou seu novo hospedeiro! - disse giovanni com sua voz dupla
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:07 am

Lutas de titãs


Giovanni? Sério? - olhou Lucca assombrado

Não me subestime Lucca, vamos acabar com eles junto Teresa - disse Giovanni

De onde surgiu toda essa confiança?! Vamos nessa! Correntes de vento! - Disse Teresa, moventos suas mãos como se controlasse o vento.

E ela controlava, logo poderosas correntes de vento empurraram os três inimigos para perto do abismo criado por Paul. Todos perceberam então, que não tinha sido o espírito, esse era um dos poderes reais de Teresa e o espírito só tinha deixado o golpe mais forte. Deixando aquela dor na barriga de quando se toma uma bolada na barriga. Giovanni logo deu um impulso com os pés que levantou poeira, sua mão pegou fogo e ele atingiu Paul na barriga com o soco de fogo. Paul atravessou o abismo que tinha criado voando com a força do impacto do soco. Escorregou no chão, Barbara tentou congelá-lo mas Paul desviou de suas mãos e deu um soco nas costas dela, mauricio se enfureceu e começou a lutar contra ele. Mauricio materealizou uma metralhadora, atirava continuamente em paul, mas com seus lasers, facilmente derretia os tiros. Mauricio começou a perceber que era meio impossível lutar de igual para igual. Mauricio começava a recuar com os tiros lasers eu paul lançava, até que ficou na beira do vulcão.

Chegou sua hora garoto! Notrevis me recompensará por ter matado um, Giovanni pode ter sobrevivido a um vulcão, mas você não é ele! HAAAAAA! - berrou paul

Não, ainda não chegou! - respondeu Mauricio em tom desafiador.

Paul se aproximava cada vez mais com o punho preparado, mas no último segundo, Mauricio deu um mortal e Paul passou direto, e caiu no vulcão, Mauricio deu um sorriso maligno.

É paul, eu não vou morrer antes de você. - disse mauricio

É o que você pensa! - Disse uma voz no vulcão.

Paul surgiu de um salto, foi bem alto e desceu em uma voadeira no peito de Mauricio, que ficou com falta de ar. Cambaleou, mas recuperou o equilíbrio no mesmo momento em que Paul lhe dava uma rasteira , Mauricio se levantou de um salto, e materealizou uma espada, foi forçando Paul a recuar até a beira do vulcão.

É, parece que o feitiço se virou contra o feiticeiro Paul - disse Mauricio friamente

É verdade, mas acho que já nos conhecemos, ou somos do mesmo lugar - diisse paul com um sorriso malicioso

Como fala minha língua e como sabe que sou de lá? - disse mauricio em uma língua desconhecida

A eu conheço muito sobre você mauricio , mas agora, vamos terminar isso como começamos, JUNTOS! (frase retirada de harry potter) - assim, Paul agarrou os braços de Mauricio e juntos, eles se jogaram no vulcão.
(apartir de agora pense tudo em camera lenta)

MAAUUUURIIIIICIIIIOOOO!!!! - Berrou Barbara, enquanto lágrimas escorriam de seus olhos

Ela correu na direção da beira do vulcão, onde pode ver o rosto de Mauricio pela última, onde ele sorria, como se dissesse: "não ligue, eu morri com o propósito de diminuir a força de Notrevis" E assim, seu corpo desapareceu na lava, morreu sorrindo(#Partiu ahuehuehuehuehuehuehuehuehuehue). Enquanto isso, a batalha entre os espíritos e os servos continuava. André enfrentava Giovanni com força pra matar, mas ele não se conformava com o fato de que André, um de seus amigos queria matá-lo.

Eu não entendo André... Por quê??!!

Você não entenderia mesmo Giovanni! VOCÊ NÃO ENTENDERIA NADA! - respondeu Adré, com a fúria aumentada

O corpo de André recebeu uma carga elétrica, e um trovão desceu na direção de Giovanni em uma fração de segundo, se não fossem os sentidos de Volcanos, seria morte certa. Giovanni, nesse caso, percebeu que conversar não adiantaria nada, teria de lutar para matar, como André fazia. Do outro lado do campo Teresa e Augusto travavam uma batalha de titãs, mas não era o mesmo caso de Giovanni com André ele eram só amigos, Teresa lutava com o irmão que mais gostava e que parecia a olhar como um ser desnecesário no mundo. Teresa mandava rajadas cortantes de vento, enquanto Augusto lançava chamas que chamuscavam as roupas de Teresa. Ambos pareciam cansados de tanta batalha, mas nenhum tinha ativado o espírito ainda. E quase que instantaneamente pensaram: "preciso de ajuda, venha a mim!" E assim, Teresa ganhou suas asas, garras e visão aguçada, enquanto Augusto ganhou aquela aura vermelha e os olhos em chamas.

Acho que chegou a hora de acabar com isso irmão.. - disse Teresa

Concordo plenamente querida irmã - Respondeu Augusto, ambos se encararam

Calor parecia ir ao encontro da mão de Augusto, e os ventos pareciam dirigir-se diretamente a mão de Teresa. Um tipo de bola se formava na mão dos dois, na de Teresa, uma bola de vento com 3 pontas em volta, e na mão de Augusto uma bola de fogo , que tinha um tipo de bico na monta e a forma de um bumerangue atrás do bico.

FUUTON ESTILO VENTO! RASEN SHURIKEN!

KATON ESTILO FOGO! CALOR DE FÊNIX!
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:09 am

Entre o bem e o mal parte 1: Escolhas perspicazes


FUUTON ESTILO VENTO! RASEN SHURIKEN!

KATON ESTILO FOGO! CALOR DE FÊNIX!

Os dois saltaram ao encontro um do outro, com as esferas de energia na frente. A colisão causou primeiro uma onda de vento e segundo a explosão. André e Giovanni olharam para a explosão e viram Teresa e Augusto sair voando de lá pelo impacto. Giovanni então encarou André com cara séria, qual era o problema dele?

Flash Back da galera que não tava batalhando antes da explosão:

Não acredito que o maurício fez isso! - Disse Barbara enquanto chorava

Não fique assim, ele morreu como herói! - Disse Kamila tentando consolá-la

Espera um pouco... - Disse Lucca pensativo

Que foi? - disseram todos ansiosos

É ISSO! - Ele gritou - Eu posso ir para o inferno e trazer o Mauricio de volta!

Derrepente a espressão de tristeza deles foi se transformando num sorriso. Mauricio podia voltar! Mas Gabriel A. viu um problema nesse grande plano:

Mas Lucca, ele morreu como herói, deve ter ido para o céu e você não consegue ir para o céu! - Disee ele já segurando a angustia da falha.

Caro Gabriel, eu sou o especialista! Nenhuma alma vai para o céu, pois não existe céu. Todos vão para o inferno, ou para pessoas mitológicas, mundo inferior. - Um brilho de compreensão saiu do rosto de cada ouvinte - ele concerteza não foi para os campos de Asfodelos, deve ter ido para o Elísio.

E o Elísio é exatamente o que? - Perguntou Gabriel D. afinal ele era o mais novo dali.

Impuro de alma! Você não lê "Percy Jackson e os Olimpianos"? - Respondeu lucca pasmo

O Elísio é o campo onde os heróis vão após morrer, mas lá eles tem a chance de renascer 3 vezes e depois ter uma vida tranquila. Torço para que o Maurício não saiba disso. - Respondeu Fenix

Como assim, se ele pode reviver porque o Lucca precisa ir lá? - Respondeu barbara agora confusa

Bem cara barbara, se você não lê Percy jackson o problema é seu, mas eu recomendo: o Mauricio não pode reviver sozinho, porque reviver, significa nova vida novo mundo nova história entenda: se ele reviver, será outra pessoa, talvez nem sobrenatural seja mais.

Ah.. - Respondeu ela.

Eu só preciso de um lugar que tenha energia para eu poder criar o portal. - Disse Lucca

Tem o gerador de energia da escola vamos lá! - Disse kamila, assim montaram seus animais e saíram voando. Ao longe ouviram um explosão

Flash Back da galera que não tava batalhando antes da explosão Off

André porque cara! Você não era assim! - Disse Giovanni

Como eu já disse, você não entenderia! - Gritou André - HAAAAA

André lançou um raio na direção de giovanni, que desviou girando na terra e contra atacando com uma bola de fogo. André criou um raio em sua mão formando um espada, Giovanni buscou Volcanos com um "Espadaaaaa por favor!" "Tá pega" Respondeu Volcanos. Uma espada com cabo vermelho escuro, com um rubi bem brilhante no centro, mas não tinha lâmina "Pressione o botão Giovanni, pressione o botão" Giovanni pressionou o rubi e uma lâmina em chamas se formou, agora sim a espada estava completa. Era raio contra fogo. A primeira colisão causou uma pequena explosão, chamando a atenção de Teresa e Augustoa Que estavão prestes a usar um rasen shuriken e calor de fenix denovo.

Giovanni!! Talvez se juntassemos nossas forças ...!

Tá certo! - Respondeu Giovanni

Ambos ficaram lado a lado e Augusto ao lado de André não entendendo o que eles fariam. Mas logo Teresa movimentou suas mãos como um tornado, e logo um tornado apareceu na frente dela e seguia para a direção dos adversários, criou mais três tornados para que ficasse difícil eles escaparem, criou uma barreira com vento para que a força dos tornados não os tirassem do chão. Giovanni lançou bolas de fogo nesses 3 tornados que entraram em chamas, Giovanni fechou os olhos e começou a sentir o fogo dentro do tornado e controlá-lo. Teresa comandava os tornados na direção de André e Augusto. E assim que estavam próximos de atingi-los Giovanni ia causar uma explosão, mas um onda de energia mnegra atingiu todos, surgindo no meido do campo de batalha e atingindo os 4. Teresa pensou "santa mãe de Deus! Mais um inimigo! Já que atacou André e Augusto deve ser." Giovanni pensou outra coisa: "Que tipo de energia é essa? Parece que Augusto e André estavam tão surpresos quanto a gente, mas era um surpresa que os divertia..." André e Augusto pensaram a mesma coisa: "Meu Senhor!" . Logo André e Augusto se levantaram, Giovanni e Teresa tentaram, mas estavam imobilizados no chão, só as cabeças que mexiam. "Teresa isso não é bom, já senti essa energia no corpo de sua mãe e não gosto dela" Disse Rowena na cabeça de Teresa "Que energia é essa?! Me explica!!" . Mas logo, explicações já não eram necessárias para entender de quem era a energia.

Olá para vocês - Disse uma voz grave - É um prazer, meu nome é Notrevis.

Giovanni e Teresa sentiram essa informação atingí-los como um soco no estômago. Era Notrevis! Mas por incrível que pareça, não era o que nenhum deles imaginava. Para Teresa ele era: Alto, forte, vestia armaduras escuras , tinha uma espada de 4 metros de comprimento como a de Zabuza.
Para giovanni ele era: Intimidador, musculoso, corpinho de atleta, com um rosto sério que deixava você apavorado.
Mas ele não era nada disso, Pelo contrario de tudo isso: Notrevis, tinha pele pálida quase igual a neve, Cabelos escuros lisos, que descia m até suas costas, era magro, muito magro, esquelético, sua voz era autoritária, e suas roupas eram as roupas de um rei, Só que pretas, sua longa capa deslizava pelo chão. Resumindo, era aquilo que ninguém imaginava. Ele caminhou na direção dos corpos imobilizados, com uma cara avaliadora.

Deixa a gente sair daqui! - Disse Teresa

Acalmen-se, vou liberá-los depois de me ouvirem.- Disse Notrevis

Certo, fale então - Disse Giovanni.

Queria chamá-los para fazer parte do meu exército.

Nem sonhando - Disseram os dois juntos.

Me deixem terminar de falar, eu posso te dar informações sobre sua família Giovanni, e Teresa, eu posso trazer seus pais devolta.

Derrepente, Teresa e Giovanni entenderam como Notrevis tinha conseguido Augusto e André, ele os tentou e cumpriu sua promessa pelo visto.

Trazer meus pais devolta...

Informações, sobre minha família...

Claro, Teresa esse griffo e a fênix eram meus, eu os enviei e por isso sua mãe disse que estava deixando o mal mais fraco, mas eles se sacrificaram e você gostaria de tyê-los devolta. Giovanni sua família foi o que posso dizer, boa e má. Mas não te contarei tudo, venham comigo!

Teresa e Giovanni se entreolharam, tendo uma conversa mental, literalmente. foi isso: "rowena, você pode passar uma mensagem mental para o giovanni?" "Posso, me diga o que" Aí começou a conversa:

"Giovanni se a gente for, poderemos não voltar, mas teremos informações do inimigo" - A mensagem foi levada pelo vento até giovanni

"É, mas Volcanos e Rowena podem nos lembrar de nossa verdadeira missão" - Respondeu Giovanni pelo vento

" Está decidido, vamos aceitar e depois nos rebelar que tal?" - Disse Teresa enviando mais uma mensagem de vento

"Feito, diga nós aceitamos."

Nós aceitamos - Disseram eles se curvando

Foi surpresa eles conseguirem se mecher, a paralisia tinha sumido. Notrevis colocou um sorriso maligno no rosto, tinha ótimos novos servos. Augusto e André estavam pasmos, não acharam que seria tão fácil convence-los.
Devolta a escola, Kamila derrepente ficou tonta, Gabriel A. a segurou.

O que foi kamila? - Disse ele preocupado

Eu vi o futuro, - Disse ela ficando pálida com o que via - Teresa e Giovanni...

Eles foram para o lado do mal não é? - Disse Alvoros surgindo do nada, todos olharam para ele e depois para kamila

É isso mesmo - Disse Kamila

Eu sabia que fariam isso, são muito bons mesmo, adoro esses dois. - Disse Alvoros feliz da vida

Eles foram para o lado do mal e você fica feliz? - Disse Kamila recuperando a cor

Claro, vai dizer que não é motivo para felicidade?! - Todos o encararam desconfiados - Tudo bem, eu explico. Olhe, pensem como eles,eram os que mais queriam derrotar o mal e derrepente vão para o lado dele?

Mas é claro! -Disse Daniel - Eles foram estudar o inimigo! Estão fazendo isso para conseguir informações e salvar a escola!

Quer dizer que não foram para nos destruir? Graças! - Disse Barbara

Bem Hora de ir para o sub mundo - Disse Lucca abrindo um portal - Tchau, eu já volto.
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:16 am

Entre o bem e o mal parte 2: Explorando o inimigo



POV'S Mauricio

O inferno não era algo muito agradavel.Mauricio corria por todo lado e viu um cabo de uma espada no chão.Pegou ela e escutou uma voz em sua mente

Obrigado por me libertar garoto-Dizia uma voz grossa

Quem é você??-Perguntou Mauricio-Apareça

Sou Ragnarok-Disse a voz-A espada que você segura, sou a espada do Armaggedon

Armaggedon...-Falou Mauricio pensativo-Fique no chão!

Eu posso te dar um poder alem da sua imaginação-Falou a voz

Mauricio exitou um pouco e pensou sobre isso, ele era forte sem duvidas mas para ter que se sacrificar para matar um inutil feito o Paul queria dizer que algo não estava muito certo

Eu aceito isso-Disse Mauricio-Me dê o seu poder!

O olho que Ragnarok tinha brilhou e Mauricio foi levitado no ar, e por mais que estivesse morto começou a sentir uma incrivel dor, mas algo junto da dor o invadia.Era poder, um grande poder que parecia não ter fim.

Pronto-Disse Ragnarok assim que Mauricio tocou o chão-Você agora é o meu portador

Ótimo mas nada muda o fato de que estou morto-Falou Mauricio

Garoto tolo-Falou Ragnarok um tanto irritada-Olhe aquele portal

Mauricio por um motivo estranhou notou um portal sem Ragnarok precisar apontar(se bem que nem tinha como)e viu Lucca passando pelo portal. Mauricio saiu do Armageddon Mode e logo percebeu mudança.Seu cabelo estava preto e vermelho.Ele usava uma armadura negra e do chão saia um tipo de vento negro.Seus olhos estavam vermelhos e Ragnarok estava em suas costas.

POV's mauricio end

Assim que Lucca passou pelo portal, começou a procurar por Mauricio. Passou por ele e nem o reconheceu pelo seu estilo novo. Lucca se aproximou de um fantasma, sabendo que não era Mauricio, mas para pedir informaçães.

Com licença cara! Viu um espírito novo por aí? - Perguntou Lucca

Na verdade, vi sim. - Disse o espírito - E ele tava conversando com Ragnarok, só pode ser coisa ruim. - Disse ele apontando para o garoto de armadura.

Lucca se aproximou dele e percebeu qeu o rosto era realmente de Maurício, mas tudo estava diferente. E onde ele tinha conseguido aquela armadura?? Ninguém sabia.

Mauricio é você mesmo? - Perguntou ele intrigado

Sim sou eu. - Disse ele

- WOW, nem credito! Se tá muito show! Mas eu vim aqui pra te salvar. pega minha mão e vamos embora, esse lugar me dá calafrios.

Mauricio segurou a mão de Lucca e ele sentiu um tipo de energia negra dentro dele, mas achou que isso era o efeito de estar morto. Passaram pelo portal e sem querer apareceram no campo de wildball. E a casa da East-Wolf estava treinando, os jogadores ficaram pasmos deles aparecerem do nada, então ninguem notou o balaço que vinha em direção de Mauricio e acabou acertando sua cabeça. Pouco tempo depois, acordou na ala hospitalar com várias pessoas a sua volta, inclusive Gabriel Angers, que era da East-Wolf. Sentiu-se solidário a cada rosto que estava ali, mas estranhou um rosto. Era Giovanni, ou pelo menos, se parecia com ele. Mas Giovanni não estava ali.

Ei você aí! - Disse ele apontando para o suposto Giovanni

Nesse instante, todos notaram o Suposto Giovanni e o olharam surpresos.

A droga - Disse uma voz rouca - Fui descoberto

O falso giovanni despareceu e um humano com chifres, asas de dragão e pele vermelha apareceu em seu lugar. "Vou avisando, é um Diablo, ótimo em imitações e quase nunca é descoberto""só agora você dá a informação ragnarok?"Pensou Mauricio. Mas Ragnarok não respondeu. O Diablo saiu voando e Mauricio começou a correr atrás dele. Mas assim que ia ir para os campos da escola trombou com outro estudante.

Murilo?! - Disse Mauricio surpreso

Mauricio! - Disse Murilo

Cara da pra você me ajudar? Distraia o Diablo enquanto eu penso em algo!

Certo! - Disse Murilo enquanto pensava em materializar uma corda.

Mas derrepente algo parou o Diablo, Murilo se aproximou e percebeu as ondas super sônicas que um garoto com um panda criava. Murilo, materializou uma espada lazer, mas o Diablo o viu e desviou do golpe. Enuanto isso mauricio pedia a Ragnarok para o poder denovo "Certo vou te dar denovo". Derrepente Mauricio sentiu uma dor que nunca tinha sentido antes.

AAAAAAAAHHHH - Gritava ele

Isso hamou a atenção de todos que lutavam. Até do Diablo. "Ao invés de ficar gritando, que tal gritar "Armagedon mode"? "disse ele finalizando o pensamento

GWAAAA ARMAGEDDON MODE!! - Gritou Mauricio

Logo a armadura estava em seu corpo e ragnarok em suas costas e seus olhos e cabelos diferentes de antes. "Agora se quer finalizar isso, diga "Shadow Window"

SHADOW WINDOW! - gritou Mauricio apontando para o Diablo.

Derrepente, um portal negro parecido com uma janela começou a sugar o Diablo

Ragnarok!? É você? Não acredito!! Por quê???!!! - Gritou o Diablo, mas acabou sugado pela janela.

Enquanto isso Teresa e Giovanni, tentavam descobrir algo sobre Notrevis. Se aproximaram da porta do seus aposentos e bateram. Um guarda nos viu e avisou Notrevis, ele disse:

Entrem

Eles entraram e ficaram frente a frente com Notrevis, depois abaixaram a cabeça em um gesto de respeito. Uma cobra deslizou pelos pés de Notrevis.

Preciso ver se vocês são dignos de ser o mal. Nagini, porfavor, morda.

Senhor ela vai matar se nos morder! - Disse Giovanni ficando pálido

Não se preocupe, se suas intenções com o mal forem boas. Ficará tudo bem. - Disse Notrevis calmamente

E se não forem? -Perguntou Teresa

Vocês morrem com o veneno - Disse ele dando de ombros.

Giovanni e Teresa engoliram em seco, eles morreriam ali. A cobra enroscou-se primeiro em Teresa e aproximou-se de seu pescoço e mordeu. Os pensamentos de Teresa derrepente fiaram obscuros, derrepente lembrou-se de coisas que outras pessoas fizeram a ela que não havia gostado. Lembrou-se de tudo ruim que havia aontecido com ela. Então, ela sentiu o veneno desaparecer e um tipo de fogo queimou no seu pescoço e depois desapareceu.

Ora, Ora, Temos uma nova serva. Sua vez Giovanni.

A cobra se enroscou em Giovanni e mordeu seu pescoço, ele sentiu o veneno descendo pelo seu corpo, mas derrepente suas lembranças mais sombrias voltaram a sua mente e se lembrou de quando seu pai o abandonou ao lado do vulcão, a sua própria sobrevivencia. O veneno sumiu de seu corpo e sentiu algo queimar em seu pescoço, mas a queimação parou e lá tinha uma marca igual a de Teresa: um elmo. Mas parecido com o elmo das trevas de Hades.

Senhor se me permitir, Por que essa marca é parecida com o elmo das trevas de Hades? - Disse Teresa se olhando no espelho.

É em homenagem ao meu pai... - Disse Notrevis

Seu pai??!! - Disseram Giovanni e Teresa juntos

Sim, meu pai, Hades. Muitos dos meus servos me perguntam por que eu quero acabar com a sivilização, mesmo gostando disso. Bem, quando eu vi os outros Deuses judiando de meu pai, ele era o rejeitado e com isso os campistas do acampamento meio-sangue me rejeitaram também. Mas isso não importa, eu vou acabar com os Deuses e com a sivilizaçao, para deixar meu pai como o Deus rei.

Que história senhor... Mas só nos chamou aqui pela marca? - Disse Giovanni

Não, quer dar uma missão pra vocês. Vão para a escola sobrenatural. Finjam que continuam do lado do bem e tirem informações deles, ou melhor conversem, estarei sempre de olho no que eles falam.

Claro, Milorde - Disseram os dois juntos se curvando novamente

Espere, uma última coisa. Diga a meu irmão por parte de pai que se ele quiser vir, ainda é bem vindo. - Disse ele com um sorriso maligno no rosto

Seu irmao senhor? - Perguntou Giovanni - Quem é seu irmão?

Ora, quem mais seria? É Lucca. - Disse ele virando-se e sentando-se em seu trono
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:18 am

Agentes duplos


Teresa e Giovanni ficaram tão surpresos em ouvir aquilo que quase desmaiaram mas resistiram para não parecerem mortos de medo. Eles se retiraram da sala e Teresa olhou para Giovanni enquanto tinham uma conversa mental:

Giovanni, teremos que falar para que eles mintam. - Disse o vento carregando a mensagem de Teresa

É sei disso. Faça de suas mensagens de brisa um MSN pra galera entender o que está acontecendo. - Respondeu Giovanni pelo Msn brisa.

Eles assentiram um para o outro e saíram correndo. Mas ninguém notou que André viu o que aconteceu, ele entrou com urgência nos aposentos de Notrevis e se curvou. Notrevis olhou surpreso para ele mas depois fez parecer que nunca tinha estado surpreso naquele momento. André entrou no momento em que Notrevis estava escrevendo algo.

Senhor trago informações importantes - Disse ele se curvando novamente

Hum. Fale então.

Estava escondido quando Teresa e Giovanni saíram de seus aposentos, eles pareceram ter uma conversa mental, e entraram em um acordo com algo. Desconfio que eles não querem realmente ser do mal, acho que estão planejando algo. - Disse André estando completamente feliz em fazer Giovanni levar a pior

Estava pensando nisso André. Mas mandei eles em uma missão, que terão de trair seus amigos, se forem bem sucedidos, terei certeza de que posso confiar neles.

E se não forem milorde?

Aí eles sofrerão com as consequências - Terminou Notrevis

Giovanni e Teresa estavam tirando Raptor e a Quimera de Giovanni do local designado animais. Colocaram os arreios e o Griffo de Teresa teve que se intrometer

Posso saber o que estamos fazendo aqui?? - Disse ele parecendo ultra preocupado por voltar ao território do antigo dono.

Servindo a Notrevis - e em uma mensagem mental para raptor: - Tirando informações dele.

Assim sem mais nada para se dizer, eles levantaram voo e foram para a escola sobrenatural. Por volta de 10:00 da noite chegaram lá, Giovanni e Teresa tinham dormido nas costas de seus animais, pois tiveram que voar do Caribe até a estrada pra Califórnia. Havia uma única pessoa do lado de fora, Chirstopher, no mesmo lugar de sempre. Teresa então sussurrou para Giovanni:

Cara, vou dar uma de malvada e pegar minha faca e por no pescoço dele, então passo a mensagem mental falando sobre Notrevis.

Ta certo vá em frente - Respondeu Giovanni em outro sussurro.

Derrepente Teresa desapareceu e um vento forte passou por Giovanni, e em um estante, ela estava do lado de giovanni e 2 segundos depois estava com a faca no pescoço de Christopher.

Olá Christopher. Quanto tempo não? - Disse Teresa com uma voz calma

AAAh - Teresa tampou a boca dele - De onde você surgiu???

Não importa. O que importa, é que você sabe que eu estou aqui. E vai dizer aos outros que eu e Giovanni continuamos do lado do bem entendeu?! - E pelo MSN brisa, Teresa disse: - Cara eu explico depois tá legal. Notrevis está nos observando de algum lugar e eu tenho que fazer isso para enganá-lo.

Christopher ficou um tempo calado tentando processar o que estava acontecendo e como Teresa tinha aparecido do nada. Mas depois deu um "uhum" concordando com um pequeno gesto de cabeça. Teresa abriu um sorriso maligno satisfeito e chamou Giovanni que veio correndo. Então assim que eles passaram pela passagem da sala comunal todos olharam para eles com aquela cara do tipo: "Cumé???"

Gente, Teresa e Giovanni voltaram. E trazem má notícia pra você lucca.

Lucca, cara é triste dizer isso, mas estávamos espiando Notrevis quando ele disse que era filho de Hades... - Começou Giovanni

E então disse para um dos servos: A e se encontrar meu irmão por parte de pai, diga a ele que ele ainda será bem vindo - Continuou Teresa

E então esse servo perguntou: Seu irmão senhor? Quem é seu irmão? - Continuou Giovanni

E aí Notrevis disse: E quem mais seria?! É lucca - Finalizou Teresa

Lucca ficou pálido e quase desmaiou, era filho de Hades e irmão de Notrevis, aquilo tinha que ser um pesadelo. Ele pôs a mão na cabeça como se processasse muita coisa.

Filho de Hades... Irmão de Notrevis... Isso explica porque nunca conheci minha família. - Disse Lucca ficando tonto.

Lucca, sua família não era Sparkos? - Perguntou Fenix.

É uma longa história, e vou contá-la pra vocês: Eu nasci em uma familia junto com minha mãe, uma família com poderes ,de envocar espiritos puros , e quando o viram convocando mortos, as chamas negras e o viram entrar no corpo da irmã para faze-la comer e não poder emagrecer , decidiram que era obra do demonio( E era, afinal, minha mãe não sabia que meu pai tinha a abamdonado por ser Hades ) , o abandonaram em um lugar qualquer , quando os bondosos Sparkos ( familia que tinha o poder de dar choques , fazer cair trovões etc.) , fui recolido por eles e passei a morar com eles, contei o que via , quando ele se transportava para o Inferno , os Sparkos entenderam tudo numa boa e o deixaram morar ali , tinham um gato preto chamado Nigth , e esse se afeiço-ou a Lucca , e derrepente ele tinha poderes , quase tão assustadores quanto Lucca , quando os Sparkos decidiram me matricular na escola para aprender a controlar seus poderes, o gato foi junto , e depois que ele chegou todos ja sabiam seus poderes e tinham medo de mim , me mantia afastado de tudo e de todos , mas depois que a galera me conheceu melhor, eu passei e me tornar amigos de muitas pessoas...


Ei Lucca, não fica assim, é melhor descansar para se sentir melhor.

Todos concordaram e foram para seus dormitórios. Teresa então fingiu dormir e e falou para Rowena mandar uma mensagem para todo mundo. Conversa mental: (Para a galera que já tinha dormido, Teresa apareceu em seu conho e falou)

Galera, Notrevis quer destruir a civilização e os Deuses para que Hades, seu pai seja o Deus rei. O esconderijo dele deve estar em uma das várias ilhas do caribe, eu não consegui identificar qual. Vou sair hoje durante a madrugada e matar um aluno que eu sei que é um Diablo e você finjam que era uma pessoa mesmo para que Notrevis não desconfie que estou ajudando vocês.

Assim, quando eram 4 da manhã, Teresa levantou-se da cama silenciosamente e saiu da casa West-Wolf. Correu para o arsenal da escola e roubou uma espada afiadissima, pegou uma bainha e colocou na cintura, colocando a espada lá. Ela sabia que aquela era a espada que sua mãe tinha usado e era especial por um motivo. Pressionando a pequena pena no cabo ela se transformava em uma espada de energia com 1 quilômetro de comprimento, mas continuava leve como uma pena. Correu para a Casa da South-Wolf e encontrou Giovanni já esperando na porta da Casa, eles não sabiam como entrar lá, mas Giovanni tinha uma ideia. Criou uma bola de fogo em sua mão e incendiou o quadro, mas antes que o incêndio pegasse no quarto, Giovanni apagou a chama. Eles se aproximaram de um garoto que dormia num beliche perto da janela. Teresa e Giovanni sabiam que aquele era o Diablo, então Teresa apanhou a espada e cortou a garganta dele. Então ouviram o alarme soar "Rowena, deixe uma mensagem para ser aberta somente quando todos estiverem aqui." Pensou Teresa, ela pensou a mensagem para Rowena e começou a correr para a janela. O primeiro a chegar foi Alvoros que quase teve um infarto quando Teresa e Giovanni saltaram pela janela. Mas aí seus animais surgiram os pegaram durante a queda e saíram voando.

Não acredito... Eles estão mesmo do lado do mal?? - Disse Alvoros pálido enquanto olhava para o garoto com a garganta cortada

Quando todos estavam ali a mensagem se liberou e a mente de cada um foi recebendo o E-mail:

Gente, esse aluno é o Diablo que estava escondido na escola, ma prestem atenção, não demonstrem alívio,se não Notrevis vai desconfiar, fingiam que estão loucos pra matar a gente que aí ele vai parar de desconfiar da gente. Falo diretamente com Alvoros agora, Diretor o esconderijo de Notrevis está em uma das ilhas do Caribe, pois eu não sei qual. Procurem primeiramente por lá tenham um bom dia.

E assim a mensagem se encerrou e Alvoros disse:

Então vai ser assim - Todos olharam para Alvoros - Se eles querem mesmo ver o mundo em um caos não podemos ter pena. Teremos de mata-los. Vamos separar uma equipe de busca com 3 rastreadores, eles podem localizar a fonte de poder de Teresa e Giovanni, assim poderemos descobrir onde está Notrevis.

Todos assentiram, esperando quem seriam os escolhidos para fazer a equipe.

Continua...
No próximo epi:
Teeresa e Giovanni conseguiram a confiança de Notrevis e André está furioso com isso e desafia Giovanni para uma batalha até a morte em segredo...
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:20 am

Batalha quase mortal


Como você fez aquilo? - Foi a primeira pergunta de Giovanni desde que eles tinham saído da escola sobrenatural.


Aquilo o que? - Respondeu Teresa


Quando colocou aquela faca no pescoço de Christopher. Como fez aquilo, em um segundo você estava ali e no outro estava com a faca no pescoço de Christopher!


Eu não sei... Aconteceu algo de estranho quando desapareci?


Sim, uma forte rajada de vento apareceu, e quando digo forte é forte mesmo.


Um tipo esta - disse criando uma rajada de vento muito rápida e forte


É, parecida! Mas sabe, você pareceu que ia correr quando o vento começou...


Huumm - Teresa manteve a rajada e correu, tinha desaparecido e aparecido cinco metros a frente- OOU!! Socorro!!!

Raptor acelerou e pegiu Teresa pela blusa, ela escalou o corpo do Griffo e sentou-se novamente em suas costas. O dia inteiro eles permaneceram calados e quando estavam chegando, Giovanni comentou:

Então, tem ideia de como funciona?

Acho que sim, provavelmente me movo na velocidade que o vento estiver, e como posso controlar o vento posso andar na velocidade que quiser...

Ah... Acha que Notrevis vai aceitar que não sabíamos que era um Diablo?

Ele ainda não nos disse quais eram Diablos, ele vai ter que aceitar.

Assim, eles pousaram na ilha que era dominada por Notrevis. Desceram no local para animais e deixaram seus Pets no local. Teresa disse que iria até Notrevis levar o pagamentoi por ter falhado, e dizer que não sabia qual era o Diablo. Giovanni encostou-se na parede do castelo enquanto esperava que Teresa volta-se.

Ora, ora... Veja quem eu encontrei.... - Disse uma voz

Quem está aí?

Nem reconhece minha voz Giovanni? É o André.

O que tá fazendo aqui? Estamos do mesmo lado!

Eu sei, por isso esse castelo também é minha casa! E a propósito, você se tornou Servo de Notrevis por quê?

Não é óbvio? Porque tenho que saber mais sobre minha família!

Tem certeza que é só por isso?

Mas é claro - Disse Giovanni começando a desconfiar que André sabia de algo - No que está pensando?

Eu andei pensando Giovanni, você nunca entraria para o mal apenas para saber mais sobre sua família. Eu te desafio!

Me desafiar pra que??

Para uma batalha! Até a morte!

No qu está pensando??

Giovanni, mesmo tendo ido para o lado do mal, eu não confio em você! Que lutemos até a morte!

Tá legal André! Você pediu uma sentença de morte!

Ambos foram para a parte mais distante do castelo de Notrevis, o litoral da ilha. Giovanni se escondeu atrás de uma pedra, André foi para a copa de uma árvore. Uma conda estourou na areia, um raio caiu na direção de Giovanni, que saltou para cima da rocha, desviando do raio. Giovanni saltou da rocha e lançou uma gigantesca bola de fogo na direção de André, este desceu da árvore e Invocou sua espada de raio. Giovanni fez o mesmo, invocando sua Volcano's blade. Uma batalha de espadas começou, Giovanni tentou um ataque lateral, mas André defendeu o golpe e desferiu uma investida com a espada na frente. Giovanni saltou por cima de André com um mortal e atacou pelas costas. André rolou para esquerda e levantou-se d eum salto, já desferindo um golpe para acertar a cabeça de Giovanni, mas este colocou sua espada para cima, defendendo o golpe, André foçava a espada para baixo, tentando acertar Giovanni, este, forçava a espada para cima tentando impedir que ele fosse partido ao meio.

Até que esta luta está boa não?

É... Pena que ela vai durar só mais um pouco! - Respondeu André.

André, saltou para trás e lançou uma esfera de energia. Giovanni surpreso foi atingido e jogado para trás. Sua roupa chamuscou-se, mas André não parou por aí, ele correu na direção de Giovanni com um mini raio pronto em sua mão. Mas dessa vez foi Giovanni quem se deu bem. Ele agaichou e deu uma rasteira em André na hora em que ele ia acertar Giovanni. Assim André deu um mortal sem querer e chocou-se contra uma pedra. Giovanni chegou perto de André e lançou seu bombardeio de chamas. André foi queimado contra uma pedra, literalmente, ele caiu na areia, ams levantou-se e invocou novamente sua espada de raio. Giovanni preparou sua volcano's blade e invocou seu espírito de volcanos.

Olha Giovanni, não importa se está ou não com Volcanos! EU VOU TE MATAR!!

André atacou, deu uma estocada em Giovanni, mas este defendeu. Logo em seguida Ele tentou decepar Giovanni, mas ele agaixou, desviando do golpe. Giovanni então fez um arco tentando acertar André. Mas este desviou e saltou para afastar-se. Giovanni, também afastou-se, eles estavam a uma boa distância....

André, vamos acabar com isso agora!

Concordo Giovanni, vamos ver quem será o sobrevivente!

Giovanni começou a carregar chamas em sua mão. Uma chama azul foi crescendo até estar do tamanho de um relógio de parede bem grande. André, foi preparando um raio, parecido com o Raio-Mestre de Zeus.

Fogo supremo!!

Raio-Mestre!

Giovanni lançou a gigantesca bola de fogo azul na direção de André, e André lançou seu Raio-Mestre em Giovanni, mas quando os ataque estavam próximos de colidir, explodiram, sem motivo prévio.

Era para explodir?

Não! E não me importa! - Gritou Giovanni

Ele preparou um soco de fogo e André um soco do trovão. Ambos correram na direção um do outro. Mas antes de cada soco acertar o avlvo uma cois acinza fez um BUM! E os socos de Giovanni em André fizeram PEIM! Quando a fumaça do Bum, cessou uma parede de energia do tamanho de um muro estava na frente deles, e quem segurava está espada estava na ponta. Teresa olhava furiosa para os dois e sua espada de 1 Quilômetro entre eles.

No que vocês estão pensando?! Quase se mataram!

Mas essa era a intenção!! - Disseram os dois em Uníssono

Notrevis pedindo uma audiencia com todos os servos e vocês aqui brigando!!

Peraí?! Notrevis está chamando para uma audiência?! - Disse André ficando desesperado

Claro! E como vocês estão brigando e não chegaram ainda na audiência , ele vai! puní-los!

A meu Deus... Isso não é bom.... - Disse Giovanni ficando pálido

Teresa levou-os para o local da audiência. Enquanto isso, em um navio próximo ao Caribe...

Fez um ótimo trabalho invocando o Pérola Negra Murillo! - Disse Daniel

Que isso, é fácil! Eu apenas pensei no filme! Vamos para o caribe + filme piratas do caribe = Pérola Negra!

É tem razão. Mas vocês viram aquele feixe de luz que cortou o céu no meio do nada?

É, ele veio da água como se alguém o segurasse, mas não tem como alguém estar embaixo da água segurando uma espada dessas!

É a ilha de Notrevis, magia de invisibilidade. A ilha dele está em algum lugar por ali.

Mas então. Como saberesmos se chegamos ou não a ilha - Disse Lucca

É simples, Quando começarmos a nos aproximar da ilha, poderemos ver um tipo de campo de força que não nos deixará passar... - Respondeu Alvoros

Isso quer dizer... Que nossa batalha final está próxima... - Disse Kamila.

Continua....
No próximo episódio:
O navio Pérola Negra conseguiu penetrar na ilha... Mas eles agem como espiões, tantando não chamar a atenção. No próximo episódio: Invasores da ilha

avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:21 am

Invasores da ilha

O pérola Negra aproximava-se cada vez mais de onde tinha aparecido o feiche de luz. Mas quando estavam próximos o navio bateu em algo e de acordo com Gabriel Angers não havia nenhuma pedra embaixo da água. Alvoros então anunciou que estavamos batendo contra o campo de força do castelo de Notrevis

Eu posso destruir esse campo e força, criando outro em nosso barco, como uma alavanca. Mas pode demorar um pouco - Disse Gabriel A.

Um podemos esperar se for para derrotar Notrevus, mas não podemos esperar muito. - Disse Alvoros

Gabriel A. criou um campo de força e colocou parte dele em um lado da barreira e começou a levantar seus braços, como se o peso fosse enorme. Alvoros sabia que era, ele estava tentando levantar o campo de força e um campo de força daquele tamanho não é coisa fácil não. Meia hora depois, Gabriel estava quase sem forças, estava branco e seus braços tremiam.

Rápido, passem antes que desabe! - Gritou ele.

A TODA VELOCIDADE EM FRENTE! - Gritou Alvoros

O Pérola Negra estava indo o mais rápido que podia, e assim, passou o campo de força, na hora que Gabriel pode se livrar do peso, ele desabou no chão e dormiu. Kamila teleportou-o para os quartos e colocou-o em uma rede. Depois ela saíu e viu o que todos estavam vendo. A ilha era gigantesca, uma mistura de macabra e linda, tinha uma floresta verde e uma praia calma com palmeiras e um mar azul. mas quando se chegava ao terreno de Notrevis... Você via o imenso castelo negro de Notrevis e também as cavernas com estalctites na entrada, causando medo em todos que ousassem entrar. O navio aportou a alguns quilometros da ilha e Kamila foi teleportando um por um até todos estarem na ilha. No total eram várias pessoas: Mangutot, Kamila, os dois Gabriels, Daniel e Bruna, Barbara Mauricio e Murilo, Max, Alvoros e muitos outros. Eles se espalharam pela floresta, cada um em uma direção. Mas todos iam ao castelo de Notrevis. Giovanni e André seguiam Teresa pela floresta, até chegarem ao local da reunião, uma das cavernas tenebrosas, a que entraram era chamada de Deimos e a outra de Phobos.

Servos, hoje teremos de volta um importante membro em nosso Exército! Lhes apresento novamente Paul Fearless

Ouviram um grito sufocado, Notrevis olhou diretamente para a Saída da caverna, onde viu várias sombras "Maldito seja o sol!" Pensou Teresa. Paul passou pelo vortex negro que Notrevis tinha criado. Seus olhos lançaram um laser para fora da caverna. Viram as sombras chegar para trás quando o laser passou. Notrevis fez um gesto para um Aracnomen e depois para as sombras. Ele andou na direção dela com suas 8 patas fazendo barulhos arrepiantes, as sombras começaram a tremer, quando ouviu um grito, que Teresa e Giovanni reconheçaram a voz:

Todos seguren-se em mim! - Gritou Kamila

Pude ver as sombras se agrupando em um grande monte e depois desaparecerem. O Aracnomen olhou para o lado confuso, não tinha mais alvo. Notrevis grunhiu. Percebi que aquilo só podia significar uma coisa, ele estava verificando quem estava mais bravo, pois significaria que essa pessoa estaria traindo ele. Mas ninguém estava com a expressão de frustado ou culpado. Então ele anunciou:

ATENÇÃO! Acamos de ver que alguém trouxe nossos inimigos aqui! Ou eles seguiram o cheiro de poder, eles tem vários rastreadores... Mas vou separar equipes de busca, Giovanni e Teresa, André e Augusto, Paul e Diablo....(Falou um monte de outros nomes)

Todos saíram correndo da Deimos (Deus do pânico). Augustos e André, Teresa e Giovanni estavam calmos. Mas André e Giovanni não paravam de massagera os braços, eles tinham sidos marcados a fogo que tinham 1 infração, mais 2 e eles perderiam a marca do mal e morreriam com o veneno de cobra. Teresa e Giovanni olharam discretamente para cima da caverna e como esperado, eles viramo pequeno grupo comparado ao exército de Notrevis. Mandei uma mensagem mental, "No sencontrem na praia as 00:00 mas cuidado com os guardas." Eles a distância assentiram, e saíram correndo, fugindo co campo de visão dos guardas. Quando eles chegaram lá, Alvoros disse para os tripulantes:

Prestem atenção - Começou ele - Acabamos de ver que o exército e Notrevis é bem maior do que pensávamos, e teriamos de precisar da ajuda de vários outros, mas não temos tempo. Gabriel Angers, faça um campo de força em volta do navio, vou usar meu poder de mecher com o que quiser para abaixar esse navio. Treinem no convés e na parte inferior do Pérola, encontraremos Teresa e Giovanni 00:00


Continua...
No próximo epi:
Teresa Giovanni, Alvoros... Todos prontos para a batalha final. O exército de Notrevis poderá ser mais forte do que a ajuda que Mauricio i´ra conseguir? Eles poderam curar Teresa e Giovanni? Descubram lendo: A batalha final (último epi...)
OBs: sei que este está minúsculo! Mas o próximo e último irá compensar, eu prometo
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:22 am

Exércitos em prontidão




Dois vultos moviam-se vagarosamente pelo mato da floresta. Um cara encontrava-se na beira da praia e não avistou quanto esses dois vultos chegaram na praia, pois continuaram escondidos pela folhagem. Mais dois vultos chegram por trás desses primeiros e gritram

Fenix!

Os primeiros vultos se viraram mas já tinham sido atravessados por duas flechada no coração. Fenix sorriu para eles enquanto os primeiros vultos caíam no chão.

Fenix! Por que não atacou? - Disse Giovanni

O Pérola está bem seguro. Não está aqui. - Respondeu Fenix

Como assim? disseram para nos encontrarmos na costa leste. - Disparou Teresa

Calma, ele não está aqui. Está embaixo da água. - Disse Fenix dando um toquinho na água.

Daniel surgiu mas uma bola verde gigante estava a sua volta, depois foi surgindo um mastro, o convés, a popa e depois todo o navio estava completo. Giovanni e Teresa quase círam para trás. Tinham vários sobrenaturais que parciam mais fortes do que antes. Mauricio, Barbara, Murilo, Daniel, Bruna, Gabriel A. e Kamila, Gabriel D, Alvoros, Lucca, Chistopher, Mangutot, Max...

Queiram nos acompanhar a bordo do pérola - Começou Alvoros - Para que ataquemos por trás.

Notrevis espera um ataque por trás - começou Giovanni

A defesa frontal está reduzida. Ele já espera que ataquemos por trás. - Continuou Teresa

E por isso... Criamos um plano! - Disse Giovanni

Vamos atacar por frente, em silênico, matar qualquer guarda que esteja, mas ele não pode saber pelo que foi morto. Entraremos no castelo e mataremos quaquer um que se imponha ou entre no nosso caminho. - Terminou Teresa

Mas isso chamaria atenção, quer dizer... Notrevis notaria que nenhum de seus guardas avistou nada e perceberia que fizemos um pensamento inverso. - Disse Alvoros

Então, quando ele notar isso já será tarde demais. - Disse Giovanni

Estaremos com uma faca em se pescoço!! - Gritou Daniel já animando-se

Assim, todo mundo desceu do navio depois que Daniel retirou seu campo de força. Eles adentraram na floresta silenciosamente. Estavam na metade do caminho quando uma espada de fogo apaeceu na gargante de Giovanni.

Ora Ora.. Veja o que encontramos Paul!

Não creio André sera que eles também tiveram um pensamento reverso

Calem a boca! Temos de acionar o alarme. André!

Ah Augusto, pensei que poderia zoar mais um pouco. Mas tudo bem!

Não podem fazer isso! - Reclamou Giovanni

Podemos e devemos, somos da guarda de honra do senhor. E Giovanni, bem que eu imaginei que estaria nos traindo. - Disse André
Um trovão ribombou nos céus, e depois cornetas soaram no castelo, parecia um código, pois logo ouviram uma marcha em sua direção. Do meio das árvores surgiu o exército de Notrevis. Na linha de frente encontravam-se vários aracnomen. No flanco esquerdo estavam os Kalkaras, deviam ter uns 50. No flanco direito encontravam-se os diablos, na parte de trás, vários servos de Notrevis, e no centro Notrevis se erguia em uma nuvem de sombras. Teresa foi com a mão na bainha, mas tinha deixado sua espada mágica no quarto. Notrevis começou a murmurar algo. O flanco esquerdo de Kalkaras avaçou, e 3 cercaram cada membro da resistência. Giovanni, Gabriel David e Fenix se uniram Uma imensa bola de fogo foi se formando, os kalkaras nem ligaram para o fogo, avaçaram contra os alunos cercados.

Todos pro chãooo!! - Gritaram os 3

Nessa hora, todos os alunos se abaixarem e a bola de fogo explodiu, lançando uma pulsação de fogo para todos os lados mas os kalkaras não se mecheram. Quando as chamas se apagaram, os kalkaras estavão intactos.

Não pode ser! Eles não podem com fogo!!! - Gritou Fenix

Na verdade, agora podem. Olhe bem. - Disse Alvoros

Todos olharam atentamente, um escudo de água completamente transparente contornava os kalkaras, impedindo que o fogo os atingi-se.

Notrevis nos deu essa armadura de água! Agora nada nos afeta!! - Gritou um dos Kalkaras

Nem tanto, sendo uma armadura, tem suas brechas, Giovanni, Taque fogo nessas flechas!

Giovanni lançou uma bola de fogo nas 3 flechas de Teresa e ela atirou-as nos 3 kalkaras que a cercavam, Mas mirando-as definitivamente a certo ponto. Uma das flechas atingiu os espeços paar olhar no capacete de um. A outra, atingiu o pescoço, onde existia somente uma finíssima camada de água. E no terceiro atingiu em uma das aberturas no visor. Todos eles pegaram, fogo e caíram mortos. Teresa fez a mesma coisa com os 3 Kalkaras que cercavam cada aluno, até que uns 20 de 50 Kalkaras já estavam fora de combate. Giovanni, Gabriel D. e Fenix seguiram o exemplo de Teresa atirando em todas as brechas possíveis de uma armadura. Mas os Kalkaras bateram em retirada, afinal sobrevam 8 dos 50 Kalkaras. Impressionante não? Mas aí os aracnomen atacaram. Lançaram seus ferrõs contra todos. Mas todos desviaram, derrepente Teresa e Giovanni caíram no chão.

O que está acontecendo? - Gritou Kamila

Eles estão sendo afetados pelo veneno de Nagini. Não agiram corretamente, me traíram - Disse a voz de Notrevis - Então o veneno que os consagrou servos. O farão morrer. Nada pode curá-los!

A nem! Tem uma coisa sim Notrevis! - Disse ele pegando seu ipod.

O Ipod começou a apitar, o que significava que estava recebendo mensagens no MSN. Um dos servos foi curioso o suficiente para usar seu poder de fazer crescer e o Ipod ficou gigante, mostrando a conversa. Nesse momento a guerra parou todos olharam de boca aberta para a conversas. As abas estavam assim:

Conversa com Zeus Conversa com Poseidon Conversa com Athena Conversa com Ares Conversa com Dioniso Conversa com Afrodite Conversa com Apolo Conversa com Artemis Conversa com Hermes Conversa com Démeter Conversa com Hefesto

E a conversa com Zeus era algo assim:
Mauricio Lighfade diz: S.O.S Notrevis ta acabando com a gente e nossos 2 melhores guerreiros estão morrendo evenenados!!!

Zeus diz: E porque deveríamos ajuda-lo?

Mauricio Lightfade diz: Porque Notrevis quer que Hades tome o poder e quer destruir vocês!!!

Zeus diz: Ajuda a caminho.

Uma explosão de luz apareceu e 11 olimpianos apareceram, todos ditos no MSN. Zeus vestia sua armadura grega de ouro completa, Poseidon estava tranquilo com sua camisa havaina e um short havaino usando o chinelo havainas, Athena vestia uma armadura grega de bronze e uma coroa de louros, Afrodite parecia nunca vestir uma armadura, mas quando ela usou continuava bonita. Demeter usava roupas de fazendeira com um chapéu de palha, Dioniso vestia uma camisa com pele de leopardo e uma calça verde o que não combinava nem um pouco, Ares vestia uma armadura vermelha completa, com um escudo gigantesco e uma lança afiadíssima e uma espada nas costas que a cada hora parecia uma coisa: Uma metralhadora, uma espada, uma bazooka... Apolo estava com uma camiseta amarela com uma imagem do sol e seu arco nas costas com uma calça jeans azul e óculos escuros, Artemis vestia uma blusa branca e uma jaqueta prateada (Prateada mesmo!) A luz da lua fazia ela brilhar, usava uma calça preta e tinha seu arco de prontidão, Hermes estava com uma jaqueta de couro preta e tinha uma camisa branca por baixo, usava calça jeans e seu caduceu estava na mão, com George e Marta (Duas cobras) enroscadas nele. Hefesto vestia seu macacão cheio de gracha e tinha um controle remoto na mão, ele apertou o botão azul e 3 Tigres-dente-de-sabre metálicos surgiram da mata, autômatos.

Continua.....
Resolvi deixar uma certa tensão no ar!! Vocês descobrirão o fim no próximo epi, ou se bobear no pró-próximo é que eu fiquei com preguiça de continuar... Mas também vocês podem estar loucos para ler o próximo já que temos um exército olimpiano ao nosso lado!! Não percam!!
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Mauricio Wright em Qua Dez 26, 2012 10:24 am

A batalha final

Alguém pediu ajuda? - Disse Zeus em tom sarcástico.

Sem brincadeiras irmão - Disse Poseidon sério - Quem são os feridos?

Eles ali. - Apontou Mauricio para os dois, que agora pareciam prestes a vomitar, empalidecer e ficar igual Notrevis e morrer.

Apolo aproximou-se dos dois caídos no chão, que respiravam com dificuldade. Olhou para Notrevis que estava ficando mais pálido com a chegada dos Deuses

Não podem curá-los!! A regra antiga dizia que Deuses não podem interferir no caminho de seus heróis!!

Não somos semideuses Notrevis! - Gritou Kamila

É! Eles podem interferir em nosso caminho sim! - Terminou Barbara.

Apolo tocou com 3 dedos a testa de cada um. Uma onda de calor invadiu o corpo de Teresa, e todos perceberam isso com Giovanni também, afinal ambos tinham recuperado a cor e não gemiam nem um pouquinho, respiravam normalmente. Eles se levantarem e eles fulminaram Notrevis com o olhar. Ele não retribui, fez um gesto com a mão e um pergaminho em chamas surgiu. Todos deram um passo para trás, menos os Deuses.

O que é aquilo? - Sussurrou Zeus no ouvido de Teresa

An... Bem.... É um dos 4 pergaminhos de poder, como somos sobrenaturais, não temos Deuses elementais como Poseidon e você. Então esse 4 elementos foram divididos em pergaminhos.

Zeus então se afastou, Notrevis agora tinha o poder de um Deus de fogo, o que era muito perigoso. Teresa chamou por Rowena. Ela antes de chegar disse em sua mente: *Teresa, peça a Apolo uma profecia, ela poderia explicar um jeito de vencer, mais ou menos decodificado* *Profecia? Desde quando entende de Mitologia?* *Eu leio livros tá, quer dizer, eu lia antes de ganhar esse eu incrível poder*.

Apolo, você pode nos dar um profecia para ajudar? - Disse ela então

Meu irmão não é bom com rimas tá. Não esperem uma boa profecia. - Disse Ártemis revirando os olhos

Não liguem, vou dar uma profecia, mas e quanto aos monstros, eles estão se recuperando do choque de ter visto a gente.

Pode matar todos, menos aqueles 3 e Notrevis, queremos matá-los com nossas próprias mãos. - Disse Daniel

Huum.... Ok! - Gritou Poseidon

Zeus entendeu o que ele pretendia, seria devastador. Criou campos de força de vento até nos 3 inimigos que queriam vivos, eles sabiam que Notrevis sabia se virar. Poseidon então bateu com seu tridente no chão. Um terremoto começou e começaram a ouvir um certo barulho de quando uma onda começa a estourar e também viram uma sombra imensa no chão. Os monstros olharam para cima desesperados, foi confirmado a existência de Tsunamis fortes o suficiente para afundar uma ilha bem grande como a de Notrevis. Vocês nunca imaginaram uma tsunami como essa, ela era da altura de uns 300 prédios de 100 andares e começava a estourar em cima da ilha. Monstros bateram em retirada, mas não tinha mais para onde fugir, a onda estourou e ninguém viu mais nada a não ser água. E monstros que a cada 5 minutos apareciam na sua frente sendo sufocados pela água. O Grupo estava a salvo graças ao campo de força de Zeus e os 3 inimigos também. Mas ninguém sabia se Notrevis tinha se safado dessa. A Água começou a ir embora, junto com a ilha que tinha afundado. Não tinham mais onde pisar, Zeus criou um tipo de chão d evento, onde era seguro pisar. Notrevis estava lá, encoberto por uma bola de energia escura e o pergaminho de fogo continuava ali, com as chamas intactas. Então um segundo pergaminho surgiu, ele era feito de vento e suas palavras eram relâmpagos. Zeus ficou com raiva desse, era seu poder! Um 3º pergaminho surgiu esse era feito de terra e sua palavras eram cipós e o último surgiu então, seu papel parecia uma cachoeira e suas palavras eram rochedos.

Pronto! Profecia pronta!


Com os 4 elementos a vitória poderá despedaçar
Na escuridão total a chance de renascer surgirá.
Com a força de todos o mal irá cair
Pelas mãos do próprio senhor, banido acabará por ir


Todos ficaram tensos, Rowena tinha dito que elas eram para ser decifradas, mas tudo estava claro ! Com os 4 elementos a gente poderia perder, quando estivesse tudo escuro, alguém que morreu poderia renascer, com o pequeno grupo eles poderiam derrubar o mal, e... Notrevis baniria a si mesmo? Não, tinha algo errado nessa profecia... Mas não deu tempo, Notrevis começou a recitar algo :

Pelos poderes dos 4 elementos que tenho em mãos, o poder da escuridão que eu criei apareça!


Um pergaminho preto com palavras de fumaça apareceu, unindo a força de todos. Notrevis apanhou aquilo e começou a ler suas palavras, o que era perigoso, de acordo com livros, lendo uma palavra errada do pergaminho você poderia ser destruído com o poder dele. Mas Notrevis parecia ter ensaiado aquilo, não errava uma entonação ou pronúncia.

O poder da escuridão, deixe sua força penetrar em mim e seja minha força vital. Seja minha imortalidade e me liberte dessa maldição! Seja o meu libertador e eu seguirei suas ordens. Eu o nomeio escuridão total!

Ele tinha dito maldição. Que maldição? Do que ele estava falando? Ninguém sabia, naquele momento Teresa percebeu uma coisa, ele parecia mais magro do que antes e mais pálido. Será que ele tinha uma maldição? *Teresa, deixe-me falar em público, sei o que é a maldição* *Certo, deixo você falar por minha voz*

Pessoal, é a Rowena. Eu sei o que é a maldição! Notrevis utilizou a espada do Armageddon, Ragnarok. Ela guarda uma maldição em seu hospedeiro, da a ele uma força incrível, porém da a ele uma imortalidade torturosa. Vivendo para sempre em dores.

Todos olharam para Mauricio, que tinha ficado branco, literalmente. Mauricio pegou o cabo de Ragnarok e olhou para o olho dele. Ficando derrepente tão raivoso que tinha vontade de quebrar aquela espada no meio. Mas não adiantaria, Notrevis não tinha mais a espada e continuava com a maldição.

Você mentiu para mim! Não disse que teria uma maldição!

Eu não disse isso, eu omiti essa informação. - Disse a voz grave de Ragnarok

Do que estão falando? Por que Mauricio está falando com uma espada?

Teresa e Giovanni, vocês não estava aqui, A espada de Mauricio é a espada do Armageddon, Ragnarok. Então era disso que aquele fantasma estava falando quando perguntei para ele sobre você - Disse Lucca - Ele comentou algo assim: - E ele tava conversando com Ragnarok, só pode ser coisa ruim. Ele estava falando dessa maldição!

E foi por isso que o Diablo grito quando viu Ragnarok, ela já tinha sido de seu senhor. Notrevis. - Disse então Murilo.

Se é dor eterna. eu vou curtir esse momento enquanto estou bom!

Mas uma bola negra de escuridão estava se formando na frente de Notrevis, ele estava diferente, não estava mais magro, sua pele não estava tão pálida. A maldição tinha sido retirada. A bola de energia explodiu, deixando todos no escuro. Todos olhavam para os lados tentando encontrar alguém, Ártemis estava tranquila, ela era a lua, porém não conseguia uma luz.

Apolo! Você é o sol! Traga a luz!

É noite Irmã, e o sol não pode aparecer antes da hora! Sem falar que é como se a luz não fosse bem vinda.

Teresa então teve um pressentimento, olhou em volta e ele se confirmou, eram vários portais se abrindo enquanto a gargalhada sonoramente macabra de Notrevis ecoava em seus ouvidos. Monstros começaram a pular desses portais, mas 5 de 10 eram destruídos por flecha de Apolo e Ártemis que conseguiam vê-los quando passavam pelo portal
Na escuridão total a chance de renascer surgirá. Eram os monstros renascendo. Desde que os 4 elementos surgiram, nossa chance de vitória estava sumindo! Parte da profecia já faz sentido agora. A escuridão despareceu, pelo menos um quarto do exército de Notrevis tinha voltado. Zeus e Poseidon tinham desaparecido sem motivo aparente, Ártemis e Apolo disparavam flechas abatendo monstros. Ares ia na frente, acertando monstros com sua lança/metralhadora/espada/bazooka, Démeter e Dioniso faziam o mato crescer, enroscando-se nos pés dos monstros, deixando eles alvos mais fáceis. Hefesto mandava seus Tigres-dente-de-sabre autômatos atacarem. Com uma mordida os monstros caíam. E eram 3 desses lindos e perigosos Tigres. Afrodite ficava parada em um canto, dizendo com uma voz dócil que os monstros se matassem e eles matavam! Logo monstros não estavam mais lá. Agora eram os 3 inimigos contra a resistência e 9 olimpianos! Mas assim que o serviço acabou, os Deuses sumiram, ok! Agora era a resistência contra Notrevis e 3 servos.

Agora somos só nós. Vamos acabar com isso!

Notrevis fez um gesto com as mãos, os 3 servos atacaram. Paul ficou com Mauricio Barbara e Murilo. Augusto com Teresa e Mangutot. Daniel, Bruna e Giovanni com André. Vou dividir as batalhas começando com a de Paul:

Batalha Mauricio, Barbara, Murilo X Paul

Paul correu na direção dos 3 Disparando raios lasers. Mauricio e Murilo desviavam, enquanto Barbara criava barreiras de gelo protegendo-a. Mauricio materializou uma espada, Murilo materializou um chakran, atirando eles na direção de Paul, Mauricio saiu correndo, Paul desviou dos chakrans e saltou por cima de Mauricio, desviando de seu golpe com a espada. Lançou um raio laser para as costas de Mauricio. Mas Barbara se pôs na frente criando uma barreira de gelo e depois lançando um raio congelante na direção de Paul, mas ele saiu do caminho. Murilo então materializou uma corda, e tentou laçar Paul, mas ele partiu a corda ao meio com seus lasers. Mauricio e barbara atacaram por trás, Barbara com garras de um Kalkara e Mauricio com uma espada laser de duas pontas. Paul, então atirou Lasers na direção dos péss de Mauricio, mas ele saltou, parece que Paul conseguiu o que queria. Ele pegou seu machado de duas faces, e saltou na direção de Mauricio com ele pronto para parti-lo ao meio, Murilo e barbara se Uniram.

Vamos acabar com você Paul!

Podem acabar comigo, mas Mauricio vem junto comigo!

Ele começou a decida do machado na direção de Mauricio. Murilo invocou o Mini-Sol e Barbara uma rampa de gelo junto com uma pista. Murilo deslizou por ela na direção de Paul, que estava ciente de sua vitória. Murilo saltou pela rampa e subiu na direção de Paul, que percebeu tarde demais o seu fim, mas Paul agarrou Mauricio. Se Murilo o atingi-se, atingiria Mauricio também. Murilo então notou o olhar de Mauricio, ele desviou o mini sol, e assim, Mauricio materializou uma espada laser e decapitou Paul. Ele então materializou uma bazooka, Murilo segurou com uma das mãos nela. e Mauricio jogou Murilo na direção do corpo de Paul. Murilo atingiu Paul com seu mini-sol nas costas, uma explosão de luz e calor aconteceu. Paul não estava mais lá! Tinha evaporado.

Com o trabalho em equipe, e junto com as pessoas que se ama Paul.... É bem mais fácil vencer os desafios. - Disse Mauricio.

Batalha de Augusto X Teresa e Mangutot

Augusto, nós não precisamos fazer isso! - Gritou Teresa

Talvez não precisemos, mas eu quero! - Respondeu Augusto lançando uma bola de fogo

Talvez queira! - Disse mangutot lançando uma bola de fogo na direção da de Augusto - Mas você tem que entender! Notrevis vai destruir esse mundo!

Ele me disse o que eu queria ouvir! E cumpriu sua promessa!

O que ele prometeu pra você Augusto? - Disse teresa sumindo no vento

NADA QUE TE INTERESSE! - Disse ele criando uma pulsação de fogo para todos os lados.

Teresa então entendeu o que era aquela frase da profecia "Com a força de todos o mal irá cair" Era de todos mesmo, até os servos de Notrevis. Augusto, Paul e André deveriam ajudar. Mas Paul já tinha batido as botas, o que aconteceria então? Teriam de trazer os 3 de volta. Mas ninguém aceitaria isso, seria bem mais difícil derrotar Notrevis do que pensavam. Ela enviou uma mensagem de vento para todos, "Precisamos até dos servos vivos! Por favor!"

Irmão! Por favor! Precisamos de você - Gritou Mangutot

NÃO ME CHAME DE IRMÃO! Você não é meu irmão! - Gritou Augusto

Ele lançou uma rajada de fogo em forma de dragão-cobra. Mangutot se jogou para o lado, Teresa pegou sua espada enquanto corria na velocidade do vento e colocou ela no pescoço de Augusto.

Nós já fomos irmãos Augusto! E continuamos sendo! Agora me fala, o que foi que Notrevis te prometeu?!

Certo... Lembra daquele dia em que você recebeu seu espírito das aves de rapina? - Teresa assentiu - Fiquei com raiva, a única coisa que eu sabia fazer era mecher com fogo. Notrevis apareceu em minha mente e me disse que poderia me deixar mais forte, poderia me deixar mais forte que você! Ele cumpriu sua promessa!

Ele cumpriu Augusto? - Disse ela apertando a espada em sua garganta - Quantas vezes você me venceu? Notrevis sabe persuadir pessoas! Ele faz você achar que ele cumpriu, mas não!

Augusto calou-se, ela tinha marcado um ponto. Mas uma cois que ela disse ele ainda não tinha testado. Todas as batalhas que eles tiveram não terminaram. Alguém ou algo os impedia. Era hora de ver se Notrevis tinha cumprido ou não sua promessa. Ele agaichou-se, batendo a cabeça no queixo de Teresa. Ela recuou, atordoada com o ataque, ele lançou chamas pelas mãos. Mangutot atacou por trás com sua super força e velocidade unidos tentando atingir um soco em suas costas, mas Augusto invocou aquele cubo de metal e Mangutot acertou o soco no aço, apesar de ter amassado bastante o metal, não quebrou nem abriu. Ele tentou rachar, mas não funcionou. Augusto então lançou-se para cima de Teresa como um tigre, ops.. Retiro o que disse, ele saltou se transformando em tigre. Teresa quase se assustou, era um novo poder de Augusto! Teresa controlou o vento e derrubou o tigre do ar. Depois criou o rasen shuriken, atirando-o contra Augusto, como ele estava caído no chão, o rasen shuriken afundou ele na terra, criando uma cratera. Mas augustop criou um cubo a sua volta, protegendo-se contra o rasen shuriken. Ele saltou para fora utilizando o calor de fênx, mas Teresa desviou usando sua velocidade do vento. Ela então chutou Augusto pelas costas, quando ele caiu no chão, ela socou seu queixo, mas ele chutou seu abdomen e ela caiu para trás. Augusto levantou-se de um salto e pegou sua espada colocando-a no pescoço de Teresa.

É, parece que acaba por aqui. E Notrevis cumpriu sim sua promessa.

Parece que não! - Disse ela usando a velocidade do vento e acertando um rasen-shuriken em suas costas - Eu não vou deichar Notrevis ganhar! Augusto, tem que acreditar em mim. Notrevis está te enganando!

Eu não posso acreditar! - Disse ele fazendo força para se levantar

Teresa então atirou 2 flechas em suas roupas, e ele ficou preso no chão, ela então apontou a flecha para o sue peito.

Não vou deichar. Mova-se e eu saberei que ainda insistirá e eu vou te matar.

Augusto não se moveu, apenas fechou os olhos e lembrou-se de tudo que tinha acontecido desde que essa guerra tinha começado. Abriu os olhos e notou que Teresa não hesitaria em mata-lo, mesmo que isso acabasse com ela. Augusto então criou uma pequena chama e foi desenhando no ar com ela "Tá legal... Eu me rendo." Teresa então olhou para ele.

Juramento?

Juro pelos meus poderes! - Um trovão ribombou no céu, isso significava que se ele quebrasse o juramento, seus poderes seriam transferidos para Teresa.

Teresa então retirou as flechas e abraçou Augusto assim que ele levantou.

Sabia que podia contar com você.

Assim correram para ver oq ue acontecia entre Giovanni, Daniel Bruna e André.

Batalha entre Giovanni, Daniel, Bruna X André

André não entendia bem o que eles esperavam com essa batalha. Ele era grato a Notrevis por ter ajudado-o . Não traíria ele de jeito nenhum. Mas ele não esperava ter que matar seus irmãos e Giovanni. Ele começou lançando uma esfera de energia em Daniel, que desviou-se e utilizou seu controle da água e fez uam onda cair em André. Mas andré furou a onda, caindo na grama sem se machucar muito, Daniel transformou seu corpo em água em cima de uma poça e André perdeu-o de vista. Giovanni atacou com um soco de fogo, andré segurou o punho dele e rebateu com um soco do trovão em seu peito, Giovanni chocou-se com uma árvore e levantou-se com dores. Bruna criou ondas sonoras o que manteve André afastado enquanto Giovanni e Daniel se preparavam, André pisou na poça de Daniel, ele surgiu e colocou uma faca no pescoço de André

Fim da linha irmãozinho. - Disse ele friamente

Nem tanto Daniel. - Disse André sorrindo

Ele fez um carga elétrica percorrer seu corpo, fazendo Daniel afastar-se com o choque, ele então virou-se a pegou sua espada trovão e atacou Daniel com ela, atirando-o contra uma árvore. Giovanni Lançou uma bola de fogo na direção de andré, ams este lançou um raio na direção dele e uma explosão aconteceu. Daniel levantou-se e atacou com uma cachoeira na cabeça de André. Este, furioso, virou-se para Daniel e preparou seu Raio-Mestre. Daniel não sabia o que era aquilo, ams Giovanni sabia. Ele correu na direção de André com um soco pronto, Mas era tarde demais a Réplica do Raio-mestre foi lançada. E Daniel percebeu o perigo tarde demais. Ele foi eletrocutado por inteiro, caiu todo queimado e imóvel. Bruna segurou as lágrimas e Giovanni ficou sem palavras, André pelo visto notou o que tinha feito. Tinha matado seu próprio irmão. André também parou de se mecher, não era possível, estava ficando triste por ter matado seu irmão? Aquele não era o André. Mas foi isso que aconteceu, ele se ajoelhou ao lado do irmão a segurou as lágrimas.

AAANDRÉÉÉÉÉÉÉ!!!!!!! - Gritou Giovanni

Ele lançou o Fogo supremo que tinha carregado desde que Daniel tinha morrido e lançou contra ele. André ficou de pé, ele se deixaria acertar, Até que ouviram algo.

HIPER-RAIO!!- Gritaram 3 pessoas

Uma mistura de vento fogo e força surgiu e destruiu a bola do fogo supremo

Batalha ends

Giovanni virou-se para os 3 Augusto ajudou mesmo??? Não interessava. Ele tinham inpedido ele de vingar a morte de seu amigo. Então ele viu Lucca correndo para o castelo e entendeu que ele buscava um fonte de energia para trazer Daniel de volta.

Por que não me deixaram matá-lo?

Por que André é necessário para destruirmos Notrevis! A profecia diz todos! São todos, até os inimigos.

Vocês me salvaram. Eu sou seu inimigo.

Sbaemos André, ams você viu no que Notrevis te transformou! Num assassino capaz de matar seu prórpio irmão!

Não... Ele me ajudou.... Ele... Me transformou num assassino. Estou do lado de vocês!

A BATALHA AINDA NÃO ACABOU TRAIDORES!! APOLO DEVE TER AJUDADO, SE NÃO ESTARIAM MORRENDO COM O VENENO DE NAGINI!! MORRAAAAAAMMMMM - Gritou Notrevis surgindo

Uma lança negra gigantesca foi se formando. Daniel ganhou vida em seu corpo e Lucca surgiu a seu lado.

Pessoal, Temos que unir nossos poderes!!! - Gritou Teresa

Lucca invocou vários esqueletos, todos os poderes foram unidos criando uma gigantesca espada multi-colorida. A lança e a espada se chocaram. Causando uma explosão de energia tão intensa que eles foram jogados, mas a espada continuava a chocar-se contra a lança. Notrevis levantou-se e invocou mais energia e a lança foi se tornando mais forte. Porém os alunos e ex-inimigos soltaram todo seu poder naquela espada. A lança foi esmagada e Notrevis atingido. Uma outra explosão de luz apareceu. 3 Deuses de 6 metros de altura surgiram. Eram Hades, Poseidon e Zeus, todos com um rosto zangado e sério.

Papai!! Me ajude a matar todos esse rebeldes!!

Não Notrevis. Você não me disse nada sobre isso!! Então era por isso que o mundo inferior estava lotado!! Você andava matando pessoas!!!

Mas pai... Eu queria transformá-lo no Deus rei!

Mas Notrevis. Por mais que eu odeie meus irmãos, estou satisfeito com minha parte. Você agora terá uma punição severa, eternamente no Tártaro. - Berrou Hades furioso

Notrevis começou a brilhar e depois se desfez em fumaça. " E Pelo próprio senhor, banido acabará por ir" Era esse o último verso.Eles tinham ganhado
avatar
Mauricio Wright
Filhos de Érebus
Filhos de Érebus

Mensagens : 172
Data de inscrição : 16/09/2011
Idade : 26
Localização : Acampamento Meio Sangue

Ficha Mitológica
HP:
900/900  (900/900)
Energia:
900/900  (900/900)
Arsenal:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Escola Sobrenatural 1ª Temporada

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum